Arquivo para setembro \24\UTC 2008



Suspensas propagandas de produtos emagrecedores

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu, em todo território nacional, as campanhas publicitárias que atribuem propriedades terapêuticas aos produtos Eficess (fabricado pelo Laboratório Tiaraju Alimentos e Cosméticos Ltda.), Fibralitus (fabricado pelo Laboratório Químico Farmacêutico Tiaraju Ltda.) e o Chá Misto Cítrico (Suplan Laboratório de Suplementos Alimentares Ltda.). A medida também vale para os kits denominados “Programa Emagrecer sob Medida” e “Kit 4 em 1 Nutriplus”. Todos os itens são distribuídos pela empresa TBA do Brasil Distribuidora Ltda., localizada em Porto Alegre. A decisão está na Resolução RE 3425/08, publicada na última sexta-feira (19).

A determinação estende-se para as demais marcas destes produtos: Tiaraju, Phynus, Fibracaps, K3, 3 Fibras, Naturanbagaba Plus, Quitomix, Lipo Line Plus, Fibratim, Bioremix, Celleron Plus e Celeron Mais, Algabel, Algagel, Algamax, Natugel, Tiaraju, Algafibras, Naturangaba, Vitaalga, Gelfibras e Fibras.

Nota do Blog

Já está na hora do governo começar a atacar esta empresas que fazem falsas promessas e iludem consumidores desesperados a fazerem qualquer coisa para perder peso.

Uma coisa que precisamos entender é que produtos milagrosos não existem, pois se existissem não seriam ocultos ou teriam somente uma “pequena” produção forçando você a comprar o produto ou se não perderia a “grande oportunidade” da sua vida.

Acredito que agora o governo deveria também estabelecer um padrão para as informações nutricionais pois cada produto utiliza da forma que bem entender tentando enganar o consumidor.  Outro dia eu cai em uma dessas pegadinhas de marketing. (ler aqui)

Eu espero ver mais ações deste tipo e também que seja criada uma lei que seja mais rigorosa sobre a promoção destes tipos de produtos pois do jeito que está só vai causar mais frustração e desilusão para a nossa população.

Fonte: ANVISA

Anúncios

Ácido fólico reduz risco de Mal de Alzheimer, afirma estudo

Imagens SXC

minimize-me-banner1


Substância é encontrada na banana, na laranja e em verduras como o brócolis.

O ácido fólico, substância encontrada na banana, na laranja e em verduras de folhas verdes, como o brócolis, pode diminuir pela metade o risco de uma pessoa desenvolver o Mal de Alzheimer, indica estudo feito nos Estados Unidos.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia analisaram dados sobre as dietas de 579 voluntários com 60 anos de idade ou mais, não afetados por demência, entre 1984 e 1991.

Os voluntários foram observados durante até 14 anos. No curso da pesquisa, 57 dos participantes do estudo desenvolveram a enfermidade.

Dose recomendada

A dieta dos voluntários envolveu as vitaminas E, C, B6 e B12, carotenóides e folatos (grupo que inclui o ácido fólico).

Descobriu-se que aqueles que ingeriram a dose diária recomendada de 400 microgramas de folatos tiveram reduzido em 55% o risco de desenvolver o Mal de Alzheimer, em comparação com os que consumiram abaixo daquela quantidade.

Segundo Maria Corrada, uma das responsáveis pela pesquisa, embora os folatos pareçam ser mais benéficos que outros nutrientes, dietas saudáveis em geral podem limitar o risco do Mal de Alzheimer.

Anteriormente, cientistas haviam provado que os folatos diminuem os riscos de defeitos de nascimento. Estudos sugerem que eles também previnem doenças cardíacas e derrames.

Limitações

Uma das limitações do estudo americano, de acordo com os pesquisadores, é a falta de diversidade na educação e origem étnica dos voluntários, que eram principalmente brancos e com formação educacional avançada.

Portanto, dizem, os resultados não podem ser generalizados a outras populações.

O estudo americano reforça indicações anteriores de que os folatos reduzem os riscos do Alzheimer?, afirmou Suasanne Sorensen, chefe de pesquisa da Sociedade de Alzheimer da Grã-Bretanha.

Na Grã-Bretanha, estima-se que em média cada pessoa consome diariamente por volta de 200 microgramas de ácido fólico, metade da quantidade recomendada.

Nota do Blog

Mais um estudo comprovando que se alimentar com produtos naturais e frescos é muito melhor para a sua saúde do que utilizar produtos industrializados.

O que me preocupa no Brasil é a grande industrialização dos alimentos em geral, fico impressionado com a quantidade de frutas e verduras que vem cortados pela metade e pré-embalados.

Também esta cada vez mais difícil de encontrar produtos que vem da região do seu estado, principalmente em supermercados onde a tendência é cada vez mais se tornar um lugar de produtos enlatados e congelados.

Fonte: ABN

minimize-me-banner1

Gostou deste post? Leia também:

Quinua o melhor e mais completo alimento de origem vegetal

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces, salgadinhos ou qualquer outro tipo de alimento que venha atrapalhar o seu regime

Pare de beliscar – 5 dicas saudáveis para você fazer uma boa escolha no lanche

Os 6 erros mais comuns que os pais fazem ao alimentar seus filhos

Qual é o estado de um hambúrguer do McDonald’s depois de 12 anos?

7 Alimentos que você deveria comer todos os dias

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Mulher, se você quiser ficar magra, fique solteira

Segundo um estudo as mulheres tendem a adotar hábitos alimentares do parceiro

As mulheres engordam e comem de forma menos saudável quando moram com seus parceiros, segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Newcastle, no norte da Inglaterra.

Por outro lado, os homens tendem a adotar hábitos mais saudáveis quando moram com suas parceiras.

Os pesquisadores analisaram sete trabalhos sobre o tema e concluíram que a mudança ocorre porque um parceiro tenta agradar ao outro.

Os estudos analisaram hábitos alimentares de milhares de pessoas, casadas ou vivendo juntas, em várias partes do mundo, e revelaram o mesmo padrão de comportamento.

Os homens passaram a ter uma dieta mais leve, com mais frutas e legumes, enquanto as mulheres passaram a comer mais pratos ricos em gordura e proteína animal.

Mais carne

Nos Estados Unidos, um estudo com 20 casais revelou que os homens passaram a comer menos carne e as mulheres, mais.

Outro estudo feito nos Estados Unidos, este com 9.043 adultos, mostrou que o casamento produziu um aumento de peso nas mulheres.

A separação e a saída de casa, no entanto, está associada à perda de peso na mulher.

Os autores desse estudo sugerem que o aumento de peso esteja associado a hábitos alimentares mais estruturados e à falta de tempo para exercícios no casamento.

Na Austrália, uma pesquisa com 3 mil pessoas revelou que os homens parecem preferir dietas com mais gordura e mais açúcar, enquanto as mulheres preferem alimentos mais saudáveis.

Amelia Lake, autora do estudo australiano, também pesquisou mudanças nas dietas de 198 pessoas com idades entre 11 e 30 anos.

“Uma proporção significativa de mulheres vê a influência dos parceiros na sua dieta de forma negativa, enquanto os homens dizem que a influência das parceiras é positiva”, explicou Lake.

“Se um parceiro está sempre querendo comida para viagem e o outro insiste na salada, pode haver problemas, e obviamente vai ser preciso um acordo”, acrescentou.

Lake diz, no entanto, que os casais deveriam ver a mudança no estilo de vida como uma oportunidade para melhorar.

A médica Frankie Phillips, da British Dietetic Association, oferece o seguinte conselho às mulheres com dificuldade de manter o peso após irem morar com os parceiros: é importante prestar atenção no tamanho das porções.

“Em média, os homens precisam de mais energia do que as mulheres, portanto, comer porções iguais pode significar que as mulheres estão comendo demais”, diz Phillips.

Nota do Blog

Não é surpresa para ninguém que os homens comem pior (em relação a comidas saudáveis) do que as mulheres.  Tanto é, pois há mais homens obesos do que mulheres e acredito que seja assim pois as mulheres se policiam mais do que os homens em relação ao físico.

Nota-se que os homens se beneficiam quando estão morando junto com uma mulher, se beneficiando com uma comida mais saudável, porém o estudo não diz que perdem peso e acredito que não percam mesmo pois quantas pessoas você conhece que após se juntar ganhou peso?  Muitas, e devem ser maioria eu aposto.

Grande parte deste problema se deve ao fato que ficar em forma para muitas pessoas é relacionado a conquistar um parceiro ou parceira, e não pela saúde.  Acredito que esta forma de pensar é que devemos combater, pois quando pensamos assim, perder peso se torna uma coisa secundaria e não uma prioridade.

Fonte:  BBC Brasil

Gostou deste post? Leia também:

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces e salgadinhos

Perder peso – Conheça a história de David Smith que perdeu 186 kg

Qual é o estado de um hambúrguer do McDonald’s depois de 12 anos?

7 Alimentos que você deveria comer todos os dias

Tome uma atitude. Ame o seu coração

Brasil é o 3º maior consumidor de inibidores à base de anfetamina

Músculo pesa mais que gordura?

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Pirâmide Alimentar

Fonte: Tom Fishburne

Gostou deste post? Leia também:

Você é o que você come

Parece mas não é

Calculador de calorias de cerveja automático

Sem $$$ pro Viagra? Coma Melancia

Acabou de Fazer Exercícios? Beba uma Cerveja para Hidratar

Você se acha em forma? Então veja este vídeo

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Você é o que você come

Para ver o resto das fotos vá ao Blog Asttro

Gostou deste post? Leia também:

Momentos engraçados do futebol

Parece mas não é

Dietas Rápidas – [humor]

Encontrada a pílula mágica para emagrecer!!! – [humor]

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

GAP Retira Números XXG das Lojas

Saiba quantas calorias você pode queimar com 30 minutos de sexo

Sem $$$ pro Viagra? Coma Melancia

Acabou de Fazer Exercícios? Beba uma Cerveja para Hidratar

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Propaganda da discórdia

minimize-me-banner1

Enquanto eu estava navegando na net eu achei estes posters aqui. A primeira vista eu gostei muito pois acreditava que era uma forma muito interessante de se fazer uma propagando contra a obesidade.

Com mais calma eu notei que a propaganda era feita pelo “The Northern Bariatric Surgery Institute” ou seja um instituto que faz operações bariátricas, daí minha primeira impressão foi por água abaixo. Um instituto realizando uma campanha para gerar medo em pessoas obesas para benefício próprio é ser muito capitalista, escolhi essa palavra só para não cair na baixaria.

Eu fiquei muito curioso e fiz um google para saber se tinham outras imagens e me deparei com uma grande controvérsia que estas propagandas criaram na blogosfera. Até o ponto em que o médico e a pessoa responsável pelos posters se desculparam pela propaganda e a retiraram da net.

Gostei de ver que a blogosfera tem uma força que eu acredito que seja tão forte quanto a mídia, talvez isso ainda não seja uma verdade aqui no Brasil, mas acredito que em um futuro próximo nós conseguiremos este status e é isso que a grande mídia tem medo, mas eu acredito que tem lugar para todos e com certeza os blogs vieram pra ficar, este exemplo não me deixa mentir.

Fontes: Starling Fitness e Gordo nerd

OBS: Vale ressaltar que esta operação apesar de ser disponível em muitos lugares e ser taxada de uma operação segura pois o nível de mortalidade é de apenas 0,5%, porém se você fizer as contas, 1 paciente entre 200 não vai sobreviver a operação. E você acha que vale a pena arriscar e ser este “sortudo”?

minimize-me-banner1

Gostou deste post? Leia também:

Propagandas contra a inatividade

Propagandas interessantes

Tome uma atitude. Ame o seu coração

2 receitas bem fáceis, rápidas e saudáveis para o lanche

Receitas Light com Sucos prontos e Concentrados

Barras de cereal – Receitas

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Crianças da Inglaterra não reconhecem mais frutas e verduras

Uma recente pesquisa na Inglaterra apontou que uma grande parte de crianças entre 11 e 13 anos não conseguem reconhecer frutas e legumes.

A rede de restaurantes Tootsies realizou uma pesquisa com 200 crianças para que elas identificassem 40 variedades básicas de frutas e verduras. Os resultados foram impressionantes:

  • 35% das crianças não souberam identificar o que era um salsão.
  • Mais de 20% não sabiam como descrever uma batata.
  • 5,5% não reconheceram uma cenoura.
  • 1/3 dos garotos não sabiam o nome do pepino, porém 90% das meninas sabiam.

Outros resultados

  • Só 9% das crianças conseguiram reconhecer um nabo.
  • 8% sabiam o que era uma romã.
  • A berinjela foi reconhecida por apenas 6,5%.
  • Só 3% identificaram a alcachofra.
  • E apenas 1% conseguiram reconhecer uma groselha.

Nota do Blog

Bom para falar a verdade eu nem sabia que a groselha era uma fruta mas se você tiver alguma dúvida é só clicar aqui.

Para falar a verdade quando eu tinha esta idade, provavelmente não saberia identificar muitas destas frutas ou verduras por isso eu não posso criticar muito estas crianças, porém seus pais devem tomar a responsabilidade de mostrar a elas e tentar introduzir o maior número possível de alimentos saudáveis, pois quando adquirimos alguns hábitos desde pequeno eles tendem a ficar para o resto da vida.

Eu entendo que o dia a dia é muito corrido e a maioria das pessoas tem uma tendência a comprar produtos congelados ou pratos prontos para ter mais tempo, e assim poder desfrutar o pouquinho de tempo que resta, porém precisamos dar um valor maior a nossa alimentação e um bom começo é pelo menos aprender o nome dos alimentos. 🙂

Fonte: Diet Blog

Gostou deste post? Leia também:

Obesidade Infantil, Brasil Pode Alcançar EUA

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país

Apenas 1 em cada 100 pessoas conseguem perder peso através de uma dieta.

Games ‘ativos’ ajudam contra a obesidade infantil, diz pesquisa

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

Sexo e chocolate aumentam capacidade cerebral

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

ou clique aqui para voltar ao uêba.


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo
Anúncios