Arquivo de dezembro \24\UTC 2008

Obesidade pode ser determinada antes dos 5 anos

obesidade-infantil

Um recente estudo feito na Inglaterra determinou que a grande parte do excesso de peso adquirido por uma criança é determinado antes dela entrar para a escola. Através deste estudo uma das grandes teorias de que o culpado para a obesidade infantil era a comida servida nas escolas cai por água abaixo.

Segundo o professor Terry Wilkin, o peso dos bebês que nascem hoje em dia são similares aos de 25 anos atrás, mas ao chegarem na puberdade eles adquiriram mais gordura se comparado com as crianças da mesma idade na década de 80.

“É muito difícil de determinar a provável causa”, disse Wilkin. Porém as maiores porções que são servidas hoje em dia e os alimentos mais calóricos podem ser um dos fatores.

Outro fato interessante é que 90% das meninas obesas já adquiriram o seu excesso de peso antes de entrarem para a escola, para os meninos a porcentagem fica na casa dos 70%.

Isto significa que um dos grandes culpados para a obesidade infantil é a alimentação e não a falta de exercícios, televisão ou videogames.

Vale destacar que nunca é muito cedo ou muito tarde para mudar os seus hábitos.

Fonte: BBC News

Gostou deste post? Leia também:

São Francisco em Pé de Guerra contra a Coca Cola

Suspensas propagandas de produtos emagrecedores

Los Angeles, uma cidade em dieta

Alabama (EUA) Multará Funcionários Públicos por Obesidade

Fim da Gordura Trans é Voltar à Época da Banha, diz Indústria

Obesidade Infantil, Brasil Pode Alcançar EUA

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Chá vermelho, o poderoso da família Camellia Sinensis

minimize-me-banner1

Imagem Wikimedia Commons

red_tea_with_silver_tea_bag_in_cup-web

O chá vermelho também é conhecido como o devorador de gorduras. A bebida é uma variação do chá verde e branco, pois também é extraído da erva camellia sinensis.

A diferença entre eles é que o processo de maturação do chá vermelho demora cerca de 60 anos. As folhas são comprimidas e armazenadas em barris, em condições especiais e durante o processo, a erva ganha cor de terra avermelhada com sabor terroso, porém sem amargor.

Os benefícios deste chá, também conhecido como Pu-erh, vão muito além das já conhecidas propriedades adelgaçantes e purificantes. A bebida acelera o metabolismo do fígado, é depurativo, desintoxicante, antidepressivo e ainda facilita a digestão.

O chá vermelho também é rico em vitamina C, sais minerais, antioxidantes, e reduz o colesterol ruim, e por acelerar o metabolismo, queima calorias e medidas.

O consumo recomendado é de no mínimo quatro xícaras por dia, “porém deve-se evitar o consumo a noite, por conter cafeína”, recomenda Dra. Daniela Jobst, Nutricionista Clínica funcional. Outro cuidado – “é contra indicados para pessoas com gastrite, arritmia cardíaca e gestantes”, complementa Daniela.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

minimize-me-banner1

Gostou deste post? Leia também:

Conheça 5 alimentos que ajudam na queima de gordura corporal de forma natural

A pirâmide alimentar

Quinua o melhor e mais completo alimento de origem vegetal

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces, salgadinhos ou qualquer outro tipo de alimento que venha atrapalhar o seu regime

Pare de beliscar – 5 dicas saudáveis para você fazer uma boa escolha no lanche

Os 6 erros mais comuns que os pais fazem ao alimentar seus filhos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Gene defeituoso está ligado a obesidade

Imagem SXC

gene

Uma das razões para você estar acima do peso pode estar conectado ao seu dna. Cientistas da Dundee University descobriram que um defeito do gene chamado FTO pode ser um dos fatores responsáveis do porque as pessoas tem muita dificuldade em perder peso.

De acordo com a pesquisa cerca de 2/3 das pessoas possuem este defeito no gene. A conseqüência é que estas pessoas acabam consumindo 100 calorias a mais por refeição, que a primeira vista não parece grande coisa mas significa que em 1 semana você vai consumir 2100 calorias a mais.

Cerca de 49% da população contém pelo menos 1 gene defeituoso, em números isto significa que esta pessoa tem 30% mais chances de ser obesa e 25% a mais de contrair diabetes. 14% da população carrega 2 cópias defeituosas do gene FTO, isto resulta um um aumento no risco de obesidade para 70% e 50% a mais de chances para a diabetes.

Neste estudo não ficou comprovado que o aumento de peso devido ao gene defeituoso se deve ao aumento do apetite, metabolismo baixo, falta de exercícios. O que ficou comprovado é que as pessoas que tem este gene defeituoso estão propensas a consumir alimentos mais calóricos.

Contudo os efeitos do gene defeituoso não são incontroláveis e por isso você não deve perder as esperanças de que é possível perder ou manter o peso. No final das contas se você não comer além do necessário não ira ganhar peso.

Fonte: dailymail

Gostou deste post? Leia também:

Todas as calorias não são iguais

Manter um peso saudável diminui as chances de contrair o mal de Alzheimer

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Crianças obesas podem ter a idade vascular de uma pessoa com 45 anos

Acumulação de gordura ao redor do seu abdômen pode dobrar as chances de uma morte prematura

Seria a barriga de chopp um mito?

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Posições de yoga

Para quem pensa que yoga é fácil vejam estes vídeos:

Este próximo vídeo fica um pouco bizarro no final mas vale como curiosidade.

Gostou deste post? Leia também:

Exercícios para os glúteos

Quantidade de calorias queimadas por exercício

Caminhar 3 vezes por semana melhora o condicionamento físico

Você se acha em forma? Então veja este vídeo

Saiba quantas calorias você pode queimar com 30 minutos de sexo

Exercício e Emagrecimento: mitos e verdades

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Médico troca carro pela bicicleta

kasuo-miyakeMenos trânsito e poluição em troca de mais saúde e boa forma são os ganhos de quem deixa o carro em casa e dá preferência à bicicleta na hora de sair para trabalhar ou passear. “Os benefícios começam pelo sistema circulatório: ao pedalar, você movimenta as panturrilhas e incentiva o bombeamento do sangue das pernas de volta ao coração”, explica o cirurgião vascular paulista Kasuo Miyake, ele mesmo um ciclista amador que, quando pode, percorre de bicicleta o trajeto entre sua casa e o consultório, ambos na zona Sul de São Paulo. “é muito mais saudável e prazeroso, além de diminuir o número de carros circulando pela cidade”, diz. Pedalando a uma velocidade bem moderada (9 km/hora), é possível queimar cerca de 110 calorias a cada 30 minutos. No trânsito, é fácil pedalar a 15 km/h, o que aumenta o gasto calórico.

O número de adeptos da prática vem crescendo. O Night Bikers, por exemplo, começou nos anos 80 com um grupo de amigos e hoje tem mais de 2.500 sócios, que pedalam pela noite paulistana. Os encontros Pedala São Paulo, promovidos pela prefeitura da cidade, chegam a reunir 1.200 participantes. O Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre) estima que existam cerca de 45 milhões de bicicletas em uso no Brasil. A cada ano, 4,5 milhões de novas unidades são comercializadas.

Miyake explica que os dias frios são ideais para quem quer começar a se aventurar no ciclismo. “Só é importante que o ciclista não se esqueça de ingerir bastante líquido antes, durante e depois do exercício e não pedale em jejum ou com o estômago cheio”, diz o médico. Para que a prática seja segura, é preciso usar capacete e luvas, além acoplar à bicicleta luz de segurança atrás e na frente, retrovisor e buzina. É bom, ainda, iniciar com trajetos curtos e pouco movimentados.

A preocupação maior dos ciclistas, no entanto, deve ser com o trânsito: são poucos os motoristas brasileiros que respeitam as bicicletas, como prevê o código brasileiro de trânsito, ao contrário de outros países na Europa e na Ásia, por exemplo, em que esse meio de transporte tem preferência.

Uma história de sucesso

A Holanda é um país onde bicicleta é considerado como um meio de transporte e não como um produto de lazer e/ou entretenimento.

Para se ter uma idéia quase 85% da população possui pelo menos uma bicicleta e a utilizam regularmente, na maioria das vezes todos os dias.

Na verdade, por mais incrível que pareça, na Holanda existe mais bicicletas do que habitantes e por ano são vendidas 1,3 milhão de bicicletas.

Veja alguns exemplos de como elas são utilizadas:

Para ir ao trabalho

trabalho-bike-2trabalho-bike-1

Para fazer compras

compras-bike-2compras-bike-1

Você encontra ciclistas de todas as idades

idoso-bikecrianca-bike

Mesmo de saia as mulheres não se importam de pegar a sua magrela

mulheres-bike-2mulheres-bike-1

A maioria das bicicletas usam este dínamo que serve para dar energia aos faroletes, assim você pode pedalar tranquilamente a noite

dinamo-bike

farol-bike

Aqui você pode conferir e ter a prova de como a bicicleta é utilizada como um meio de transporte.  Dando carona a um amigo ou levando as crianças para a escola, você encontra de tudo, até mulheres pedalando com sapatos de salto alto!

carona-bike-1carona-bike-2carona-bike-3carona-bike-4

Só para se ter uma idéia de como as coisas são muito diferentes eu fiz duas pesquisas no google.  Na primeira eu utilizei os termos bicicleta e Amsterdam.  Na segunda, bicicleta e são paulo.  Será que você consegue adivinhar qual foto é de Amsterdam e qual é de São Paulo?

bike-amsterdambike-sampa

Fonte: ABN, Cycling in The Netherlands
Fotos: Portal Exame, 50graus.org, i-hostels.com, ski-epic (mais fotos de bicicletas em Amsterdam)

Gostou deste post? Leia também:

O que é que a baiana tem?

Seria a barriga de chopp um mito?

Comer é prazeroso para você?

O estresse pode causar aumento no peso

Maus hábitos alimentares durante a gestação podem passar de mãe para filho

Uma travessia para a vida – Conheça a história de Paulo Maia

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

O poder das frutas antioxidantes

Imagem SXC

o-poder-das-frutas-antioxidantes

O verão se aproxima e manter-se hidratado e alimentar-se de forma saudável são as melhores maneiras para enfrentar o calor e, além disso, manter-se com saúde. As frutas antioxidantes são ótimas aliadas, pois fornecem nutrientes necessários ao organismo e auxiliam na prevenção de doenças.

As substâncias antioxidantes previnem a oxidação de outros elementos químicos e podem paralisar a ação dos radicais livres no organismo, antes que esses danifiquem moléculas importantes do corpo, gerando possíveis doenças e desconfortos.

Esses alimentos são excelentes na prevenção de cânceres, doenças respiratórias e cardiovasculares. Conheça abaixo algumas frutas que, além de grande poder antioxidante, trazem outros benefícios à saúde:

Framboesa

Muito utilizada na fabricação de doces, bolos e tortas, é rica em sais minerais (ferro, fósforo e cálcio), vitaminas A, C, B1 (tiamina), B5 (niacina) e em fibras. A framboesa auxilia no equilíbrio da pressão arterial, previne cânceres e é indicada também para prisão de ventre, reumatismo e outras doenças, principalmente as que afetam fígado e rins.

Açaí

Fruta característica da Região Norte do Brasil e muito consumida “na tigela”, o açaí também pode ser saboreado em sucos, doces, sorvetes, geléias. É rico em proteínas, fibras, lipídios, fósforo, ferro e cálcio, vitaminas C, B1 e B2. Além de ser excelente para repor as energias, o açaí auxilia no trânsito intestinal, estimula a memória e protege a saúde ocular.

Blueberry (uva do monte)

Fruta que reduz o mau colesterol e, conseqüentemente os riscos de infartos e doenças do coração, ajuda na prevenção e tratamento de infecções do trato urinário e além de reduzir a taxa de açúcar no sangue. A blueberry é rica em magnésio, ferro, potássio, fósforo e vitaminas B2, B6 e C.

Cranberries

Excelente para manter o trato urinário saudável, ajudando na prevenção e tratamento de infecções urinárias, a fruta também auxilia na digestão e na diminuição dos níveis do mau colesterol no sangue.

Romã

Fruta típica nas festas de final de ano, a romã é excelente protetora contra doenças cardiovasculares e ajuda a reduzir os teores de colesterol. A fruta é uma das mais ricas em manganês e, além disso, tem em sua composição: proteínas, potássio, cálcio, magnésio, ferro e vitaminas B2, C e D.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.


www.nutrijobst.com

Gostou deste post? Leia também:

Conheça 5 alimentos que ajudam na queima de gordura corporal de forma natural

A pirâmide alimentar

Quinua o melhor e mais completo alimento de origem vegetal

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces, salgadinhos ou qualquer outro tipo de alimento que venha atrapalhar o seu regime

Pare de beliscar – 5 dicas saudáveis para você fazer uma boa escolha no lanche

Os 6 erros mais comuns que os pais fazem ao alimentar seus filhos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Eu perdi quase 55 quilos

tracey-wygalÉ difícil ver um dia em que você não irá encontrar Tracey Wygal malhando na acadêmia.

A professora Tracey Wygal com 30 anos faz 30 minutos de cardio, exercícios físicos e segue o que ela chama de uma “dieta limpa”.

Isso é uma mudança bastante drástica para uma mulher que há oito anos chegou a pesar 134 quilos.

Wygal começou a ganhar peso na adolescência. Uma dieta composta por fast-food e pouco ou nenhum exercício ajudou a adquirir os quilos extras e seu peso passou para mais de 90 quilos.

“Foi o meu primeiro ano fora do colégio, e esse número (peso), juntamente com o diagnostico que eu estava na faixa de obesos mórbidos foi muito assustador”, lembra Wygal. “Eu fui a vários médicos, para conseguir uma prescrição para medicamentos de perda de peso”.

Mas nenhum dos médicos receitou as pílulas que ela procurava. Em vez disso, um médico receitou uma dieta de 1600 calorias por dia e falou que ela precisava fazer exercícios.

Inicialmente, ela ficou chocada e se recusou a iniciar a dieta que ela pensava que era muito restritiva.  Mesmo que seu peso estava perto dos 140 quilos, ela acreditava que tinha uma boa alimentação e um estilo de vida ativo.

Mas quando ela começou a se sentir mais frustrada e o seu peso continuou a aumentar, ela finalmente decidiu que era hora de tomar controle da sua vida.

Wygal começou a anotar em um diário a quantidade de calorias que ela consumia diariamente e logo percebeu que estava comendo pior do que ela pensava.

“Fiquei espantada com quantas calorias eu estava comendo”, disse. “O diário me mostrou que eu realmente precisava prestar atenção sobre a quantidades de calorias que estava ingerindo e me ajudou a manter a minha dieta”.

Ela também começou a fazer exercícios.  No começo ela estava muito envergonhada para ir a uma academia, por isso ela comprou uma máquina elíptica e começou a treinar 15 minutos por dia em seu apartamento.

“Era tudo que eu podia fazer naquele momento. Eu não desisti”, disse ela. “Gradualmente, a minha resistência melhorou. Depois de perder cerca de 13,5 kg, eu decidi me matricular em uma academia pequena”.

Alguns meses depois, Wygal estava pronta para dar o próximo passo. Ela contratou um personal trainer e iniciou um programa de treinamento.

Em vez de se sentir intimidada, Wygal começou a gostar de fazer exercícios e as mudanças físicas que vinha acontecendo em seu corpo.  Pronto para dar o próximo passo, ela se matriculou em uma grande academia, começou a pesquisar sobre diferentes formas de exercícios e começou a fazer musculação.

Ao longo dos próximos três anos, ela perdeu 54,5 quilos e diminuiu sete números de vestido. Wygal, tem 1,77 de altura, diz que o medo de ganhar peso a motiva para manter-se fiel ao seu regime alimentar e exercícios porque ela nunca quer voltar aos 134 kg.

Agora confortável com o seu peso, ela diz que oscila entre 77 e 80 kg, Wygal malha pelo menos, cinco a seis dias por semana. Ela diz que o segredo para perder e manter o peso é ser honesto sobre o que você come, escrevendo-o e ser consistente. Ela quer que as pessoas saibam que podem perder peso, mas não há uma solução fácil.

“Isso não vai acontecer do dia para a noite”, aconselha Wygal. “Saiba que vai levar tempo, mas no final vale a pena”.

As dicas da Tracey Wygal para obter sucesso:

  1. Mantenha um diário alimentar.  Anote tudo o que comer e beber.  Calcule o total de calorias no final do dia.
  2. Seja consistente com os seus exercícios.  Crie um cronograma. Varie apenas quando for absolutamente necessário.
  3. Encontre um ginásio que acomode ao seu estilo de vida. (horários de funcionamento, opções de equipamentos, aulas oferecidas, etc.)
  4. Mude sua visão sobre a comida. Em vez de equiparar a comida com felicidade ou prazer, veja apenas como alimento ou como combustível para seu organismo continue funcionando.
  5. Seja realista em suas metas e programas. Saiba que vai levar um certo tempo para haver mudanças consideráveis, e não desista nunca!
  6. Pare de dar desculpas e faça acontecer!  Tenha a SUA SAÚDE como PRIORIDADE em sua vida.

Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

dezembro 2008
S T Q Q S S D
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo