Arquivo para março \31\UTC 2009

Entrevista – Dr. Turíbio Leite Barros Neto

drauzio-turibioO Dr. Turíbio é membro do American College Of Sports Medicine e Professor Adjunto IV da Universidade Federal de São Paulo. Possui vasta experiência na área de Fisiologia, com ênfase em Fisiologia do Exercício, atuando principalmente nos seguintes temas: atividade física, futebol, exercício, consumo de oxigênio e aptidão física.

Ele participou de uma interessante entrevista com o Dr. Drauzio Varella, sobre exercícios aeróbios e anaeróbios, confira:

DrauzioQual a diferença entre exercícios aeróbios e anaeróbios?
Turíbio Barros – O exercício aeróbio é fundamentalmente ligado ao movimento. A energia necessária para executá-lo é proporcionada pelo uso do oxigênio, ou seja, o oxigênio funciona como fonte de queima dos substratos que produzirão a energia a ser transportada para o músculo em atividade. Caracteriza-se como atividade aeróbia o exercício contínuo, dinâmico e, na maioria das vezes, prolongado que estimula a função dos sistemas cardiorrespiratório e vascular e o metabolismo, porque aumenta a capacidade cardíaca e pulmonar para suprir de energia o músculo a partir do consumo do oxigênio (daí o nome aeróbio). Caminhar, andar, pedalar, nadar, dançar ou fazer qualquer atividade que obrigue a pessoa a sustentar seu peso corporal enquanto se movimenta são exercícios aeróbicos.
O exercício anaeróbio é, por definição, um exercício de força. Para ser realizado, exige que os músculos sejam contraídos contra uma resistência. Na maior parte das vezes, não está associado ao movimento e utiliza uma forma de energia que independe do uso do oxigênio, daí o termo anaeróbio. Basicamente, é um exercício de alta intensidade e curta duração que contempla fundamentalmente os músculos.

Drauzio Dê alguns exemplos de exercícios anaeróbios.
Turíbio Barros – Na área dos esportes, são anaeróbios os exercícios de velocidade de curta duração e alta intensidade, como a corrida de cem metros rasos, os saltos, o arremesso de peso. Se nos reportarmos a área ocupacional, toda atividade que demanda força física em vez de movimento é considerada um exercício anaeróbio.
Na verdade, os movimentos mais comuns do dia-a-dia são um misto de atividades físicas aeróbicas e anaeróbicas.

Drauzio Houve o tempo em que só se falava nos benefícios do exercício aeróbio. Hoje se sabe que ambos, o aeróbio e o anaeróbio, contribuem para melhorar a forma física.
Turíbio Barros – Durante bastante tempo, se preconizou que a única forma de atividade física recomendada era a aeróbia. As pessoas deviam caminhar, correr, pedalar, nadar. Há mais de dez anos, porém, a medicina resgatou a importância do exercício anaeróbio que, na prática das academias, são feitos com peso.
Na verdade, um programa completo de exercícios, necessariamente, envolve os dois tipos de atividade física. A pessoa deve caminhar, pedalar, nadar e fazer exercícios contra resistência para fortalecer músculos, desacelerar a perda de massa muscular e evitar a perda de massa óssea. Mesmo os idosos, para quem se via com preocupação a prática de exercícios de força, devem ser estimulados a fazer exercícios com pesos além dos exercícios aeróbios para alcançarem melhor resultado em termos de saúde e qualidade de vida.

Drauzio O corpo humano é máquina engendrada para o movimento, haja vista o número de articulações, verdadeiras dobradiças, que têm e a disposição dos músculos. Ao contrário das outras máquinas que se desgastam à medida que se movimentam, quanto mais solicitado for, melhor o corpo humano conseguirá exercer suas funções de forma harmoniosa. Por quê?
Turíbio Barros – Durante todo o processo de evolução, o corpo humano teve como necessidade fundamental a interação ativa com o meio ambiente e praticamente todos os sistemas orgânicos mobilizados na produção de energia são beneficiados pelo uso, pela solicitação e pela necessidade de estar em atividade.
É muito fácil demonstrar os benefícios que o uso das funções fisiológicas associadas à atividade física proporciona. Basta lembrar que, quando engessamos uma perna ou um braço, o membro entra em desuso e, como consequência, o músculo hipotrofia, regride. Retirado o gesso, o braço ou a perna estarão fininhos porque perderam de 30% a 40% de massa muscular.
Guardadas as devidas proporções, isso ocorre em todo o organismo. A falta da atividade física faz com que o coração regrida funcionalmente e a condição respiratória fique comprometida.

Fonte: Site Oficial Dr. Drauzio Varella

Gostou deste post? Leia também:

Andar como forma de exercício, qual será a quantidade certa?

Você pensa que 30 minutos diários de exercícios são suficientes para perder peso? Ai vai uma dica, PENSE DE NOVO!!!

Abdominais em pé

Exercícios para todos os gostos

Posições de yoga

Exercícios para os glúteos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Anúncios

Websérie – Minimize Me – Ep 2 – O calendário

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Neste segundo episódio eu falo sobre a importância de ter um calendário ou uma agenda onde você pode colocar todos os seus resultados, as metas e objetivos a serem conquistados.

Gostou deste post? Leia também:

Web Série Minimize Me – Episódio 1 – O plano

Minimize Me – Websérie – Episódio Piloto

As desculpas de um procrastinador – (Mas cadê o vídeo?)

Minha dieta – As 3 primeiras semanas

Minha dieta – Os 3 primeiros dias

Minha Dieta – Update 1

O Fim da fase de testes

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Minimize Me – Episódio Piloto

Oi pessoal tudo bem?

Hoje eu consegui achar a fórmula para colocar os vídeos do site do fizTV aqui no blog.

Assim fica bem mais fácil de vocês verem os vídeos, ao invés de terem que ir para um outro site.

Peço a ajuda de vocês para me ajudar a levar esta série para a TV. E como fazer isto?

É muito fácil, ao assistirem o vídeo, depois de uns 15 segundos você pode passar o mouse em cima do vídeo e vai aparecer dois balõezinhos, depois é só clicar no sim e o vídeo vai receber um voto, quanto mais votos, mais chances da série Minimize Me aparecer na TV.

Obrigado pela força e espero que vocês estejam gostando da série.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “FIZ TV – Minimize Me – Ano 1 Cap. 0“, posted with vodpod

Minimize Me – Ep 1 – O plano

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Maçã: A fruta que cuida do nosso sangue

Imagem SXC

maca-mordida

Doenças causadas por má circulação são uma das principais causas de morte no País, porém podemos controlá-las por meio da nutrição funcional, em que ingerimos certos alimentos que podem auxiliar na prevenção de várias doenças, inclusive as cardiovasculares, e um deles é a maçã.

A maçã tem um alto poder antioxidante, ajuda na prevenção do colesterol, é rica em fibras (solúveis), vitamina C e compostos fenólicos.

As fibras influem muito na redução do colesterol, pois elas ajudam a diminuir a quantidade deste no intestino delgado e a absorção dos lipídeos, já os compostos fenólicos atuam na inibição da oxidação da LDL-C e da agregação plaquetária, o que nos protege da arteriosclerose.

Além de prevenir o colesterol, uma dieta que contém maçã, pode reduzir os riscos de doenças pulmonares, cardíacas, asma, diabetes e o desenvolvimento de câncer, além de ajudar a perder peso. Como já dizia Hipócrates: “Faça do seu alimento seu medicamento”.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Gostou deste post? Leia também:

Alimentos que combinam ou não

Banana verde: Alimento funcional gostoso e abundante no Brasil

Como envelhecer com o corpo e a mente sã

Rejuvenescendo com os sucos verdes

Alimentos crus facilitam a digestão e favorecem a saúde do corpo

Alimentos para quem corre

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Andar como forma de exercício, qual será a quantidade certa?

andar

Um novo estudo divulgado no American Journal of Preventive Medecine indica que se você fizer 100 passos por minuto, por 30 minutos você poderá estar no caminho certo para ficar em forma.

O estudo foi liderado por Simon J. Marshall e a metodologia utilizada foi utilizar podômetros nos voluntários enquanto eles caminhavam em esteiras em diferentes velocidades.

Além do podômetro os participantes também tinham os seus batimentos cardíacos monitorados, assim os pesquisadores poderiam analisar qual era o o nível de esforço de cada um.

Vale ressaltar que dependendo do seu nível atlético, talvez 100 passos por minuto não sejam suficientes, pois para começar a ter algum ganho é necessário estar se exercitando de uma maneira moderada/intensa.

Agora se você acha que é puxado demais, o Dr. Marshall dá a sugestão de começar com 1000 passos a cada 10 minutos e depois você pode aumentar a quantidade de tempo até chegar em 30 minutos que deve ser a quantidade mínima necessária para você começar a perder peso de forma consistente.

A minha opinião é que se você nunca se exercitou ou faz muito tempo que não pratica algum esporte e esta bem acima do peso, este método é uma boa solução para começar.

Agora se você já pratica alguma atividade física eu aconselharia a ler este post onde diz que para perder peso com consistência você precisa de 50 minutos diários de exercícios.

Eu tenho 162 kg e consigo fazer 50 minutos diários de exercícios a um nível moderado/intenso, não vou mentir pois no final eu estou exausto e necessito de uns 10 minutos para me recuperar mas não é nada que me impeça de fazer algo depois de um bom banho.

Como prova de que isto funciona, vocês podem conferir o resultado no último episódio da minha websérie Minimize Me.

Fonte: American Journal of Preventive Medicine

Gostou deste post? Leia também:

Você pensa que 30 minutos diários de exercícios são suficientes para perder peso? Ai vai uma dica, PENSE DE NOVO!!!

50% da população mundial se considera acima do peso

Só exercícios ajudam a perder peso?

Abdominais em pé

Exercícios para todos os gostos

Posições de yoga

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Web Série Minimize Me – Episódio 1 – O plano

Depois de uma manhã estressante eu finalmente consegui colocar a série na web.

Neste capítulo vocês vão conhecer qual será o meu plano e as minhas táticas para emagrecer.

Vou falar um pouco sobre quais exercícios eu vou fazer e um pouco sobre a minha alimentação.

Eu também dou algumas dicas sobre como manter-se motivado durante este processo.

minimize-me-ep-1

Gostou deste post? Leia também:

Médico troca carro pela bicicleta

O que é que a baiana tem?

20 dicas para emagrecer de um ex-gordo

Dicas dos visitantes

Você pensa que 30 minutos diários de exercícios são suficientes para perder peso? Ai vai uma dica, PENSE DE NOVO!!!

Abdominais em pé

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

março 2009
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo