Archive for the 'Obesidade Brasil' Category

Gripe Suína (Vírus H1N1)- A obesidade seria um risco a mais?

gripe-suina

Novos dados sugerem que a obesidade, especialmente extrema (IMC acima de 40), aumenta as chances de morte para as vítimas da gripe suína.

O estudo, publicado pelo Centers for Disease Control and Prevention, supervisionou dez pacientes com gripe suína em um hospital de Michigan, todos os pacientes tiveram de ser colocados em aparelhos especiais devido à gravidade da doença.

O estudo constatou que:

  • Três pacientes morreram.
  • Dois pacientes eram obesos (IMC entre um 30-40).
  • Sete dos pacientes eram extremamente obesos (IMC acima de 40), sendo responsável por duas das três mortes.

O estudo acrescenta que dados de uma pesquisa realizada na Califórnia, descobriu que a obesidade parece acrescentar um risco maior para as pessoas que estão infectadas com a gripe suína.

Os cientistas não tinham o objetivo de descobrir se obesidade foi um fator determinante na gravidade da gripe suína, a agência Reuters explica:

O estudo não foi desenhado para ver se obesidade ou qualquer outro fator representa um risco maior para a gripe. Mas, os cientistas ficaram surpreendidos ao ver que sete dos 10 pacientes eram extremamente obesos.

Ainda não é conhecida por que a obesidade parece aumentar a probabilidade de morte ou complicações graves nos casos da gripe suína, ela não é considerada um fator de risco em casos de gripe sazonal. Uma possibilidade é que devido a uma maior massa corporal, pacientes obesos necessitam de uma dose maior de Tamiflu.

A obesidade é, no entanto, uma causa conhecida para contribuir ou complicar, uma série de condições médicas, incluindo doenças cardíacas, diabetes, acidente vascular cerebral, doença de Alzheimer, e vários tipos de cancro.

Fonte: dietblog

Será que os brasileiros não se importam muito com a saúde?

Muitas das matérias que eu coloco aqui no blog são relacionadas aos assuntos que eu escuto aqui no Canadá, o que está em destaque nos portais ou blogs “gringos” ou simplesmente por achar o assunto interessante e que na minha opinião deva ser difundido para que o máximo de pessoas devam conhecer sobre o fato.

As vezes eu penso que eu estou um pouco fora de sintonia com os assuntos relacionados a saúde no Brasil pelo simples fato de estar vivendo no Canadá, por isso eu comecei a pesquisar nos grandes portais brasileiros para ficar um pouco mais conectado com a realidade do Brasil e deste blog pois a grande maioria dos visitantes são brasileiros que moram no Brasil.

Mas surpreendentemente eu reparei que estes portais não falam quase nada sobre saúde e muito menos põe alguma matéria em destaque na primeira página, será que o brasileiro não se interessa muito por questões sobre saúde? Ou será que os grandes portais só querem saber mesmo é de assuntos que sejam polêmicos e que tragam o máximo de pessoas para os seus sites?

Veja a foto abaixo, como exemplo, você pode reparar que os portais do UOL, IG e Globo sequer tem uma seção de saúde! Enquanto o Terra que diferentemente possui uma, porém fica enterrado na seção vida e estilo que na minha opinião é um absurdo pois como a questão de saúde pode ser considerado como um estilo? Então quer dizer que aquela gíria que diz que uma pessoa é estilosa podemos aplicar para uma pessoa que cuida da sua saúde?

portais-brasileiros-saude

Infelizmente isso me leva a pensar que o povo brasileiro não presta mesmo muita atenção sobre a sua saúde, pois se olharmos no mundo dos blogs por exemplo, existe poucos blogs que tratam sobre o tema da saúde e dos que fazem não existe nenhum que seja realmente popular. Se compararmos então com os blogs sobre saúde em Inglês a diferença é ainda maior e não digo isto só no número de visitantes, mas também no número de participação das pessoas.

Neste blog por exemplo se eu pegar as 10 matérias mais acessadas, 6 delas são sobre curiosidades, celebridades ou coisas que não tem uma relação direta com informações que tragam algum conhecimento para que você melhore o seu estilo de vida e passe a ter uma vida mais saudável.

Acredito que muitos fatores levam a este tipo de comportamento do brasileiro e um deles é a falta de educação, onde na maioria dos estudantes de hoje (e até da minha época) procuram a escola ou faculdade pois sentem que o diploma é a coisa mais importante que se pode ganhar em uma sala de aula e não estão preocupados com o conhecimento que podem adquirir ou a curiosidade de se aprender alguma coisa nova.

Agora na sua opinião, porque você acha que o brasileiro de uma maneira em geral não se interessa por assuntos na questão da saúde? Ou você acredita que isto é uma falta de visão dos grandes portais brasileiros, pois existem muitas pessoas que estão a procura de informações sobre saúde? Gostaria de saber a sua opinião.

Globo repórter – Saúde, qualidade de vida e dieta

Este foi um programa especial do globo repórter de 35 anos.  Os internautas ajudaram na escolha do tópico e escolheram o tema da saúde.

Eu recomendo a todos a assistirem este programa, entre muitas coisas você vai ver imagens de São Paulo na década de 70 onde praticamente não se via pessoas acima do peso, vai descobrir que Aracajú é a capital mais saudável do Brasil (parabéns aos sergipanos) e vai poder se espelhar em dona Maria, uma senhora com 93 anos e que pratica esportes regularmente e cuida da sua dieta.

Gostou deste post? Leia também:

Os adolescentes brasileiros se alimentam mal

O banco dos gordinhos do metrô de São Paulo

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Crianças obesas podem ter a idade vascular de uma pessoa com 45 anos

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país

Obesidade Infantil, Brasil Pode Alcançar EUA

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

Obesidade no Brasil – Gráficos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

Os adolescentes brasileiros se alimentam mal

Essa é uma pequena reportagem do programa Fala Brasil que mostra um pouco da realidade dos adolescentes brasileiros.

O foco é sobre o café da manhã que é a refeição mais importante do dia.  Vale a pena conferir.

Gostou deste post? Leia também:

O banco dos gordinhos do metrô de São Paulo

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Crianças obesas podem ter a idade vascular de uma pessoa com 45 anos

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país

Obesidade Infantil, Brasil Pode Alcançar EUA

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

Obesidade no Brasil – Gráficos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

O banco dos gordinhos do metrô de São Paulo

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Gostou deste post? Leia também:

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Crianças obesas podem ter a idade vascular de uma pessoa com 45 anos

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país

Obesidade Infantil, Brasil Pode Alcançar EUA

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

Obesidade no Brasil – Gráficos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Dia 16 de Abril – Dia da Dieta

Imagem SXCfita-metrica

Hoje eu fui informado pelo Guga do Blog Alagoas Real que este dia é o Dia da Dieta!  Vou admitir que não tinha a mínima idéia mas como eu tenho um blog que trata do assunto eu deveria saber.

Para não deixar em branco eu resolvi fazer uma pesquisa e colher alguns dados sobre a obesidade no Brasil.

A cirurgia bariátrica (diminuição do tamanho do estômago) aumentou 542% desde 2001 na rede de Sistema Único de Saúde (SUS)

  • 2001 – 497 procedimentos – A um custo de R$ 1,237 milhão para o SUS
  • 2008 – 3.195 procedimentos – A um custo de R$ 15,736 milhão para o SUS

Estados que fizeram o maior números de operações:

  • São Paulo – 1.068
  • Paraná – 954
  • Santa Catarina – 344

Relação Homens x Mulheres

  • Homens – 556
  • Mulheres – 2.639

Estima-se que o Brasil tenha 3,73 milhões de obesos mórbidos (IMC maior do 40kg/m²).

_____________________

Um levantamento divulgado pela Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cosans) da Prefeitura de Porto Alegre, mostra que há mais moradores de rua obesos do que desnutridos no município.

  • 78% estão dentro dos padrões normais de nutrição.
  • 15% estão obesos.
  • 4% estão desnutridos.

Número de refeições por dia:

  • 30% – afirmaram fazer três refeições diárias.
  • 21% – duas
  • 21% – uma
  • 18% – quatro
  • 4% – cinco
  • 2% – seis

_____________________

O estudo Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), produzido pelo Ministério da Saúde e pela Universidade de São Paulo (USP), mostra que 43,3% da população estão com o peso acima dos níveis recomendados (sobrepeso) e 13% estão obesos.

Confira com outros anos:

  • 2007 – 12,9% dos brasileiros estavam obesos.
  • 2006 – 11,4%.

O Estudo Nacional de Despesa Familiar (ENDEF), de 1975, mostrava que 2,8% dos homens e 7,8% das mulheres eram obesos.

_____________________

Estudo da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, em parceria com o Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul revela que os idosos são os que menos praticam atividades físicas entre os paulistas.

  • Idosos – 8,4% são totalmente sedentários e 29% são irregularmente ativos.
  • 14 aos 18 anos – 11,4% de sedentários e irregularmente ativos.
  • 19 a 29 anos – 18,3%.
  • 30 a 39 anos é a segunda com maior prevalência de sedentarismo ou prática de atividade física insatisfatória, sendo 21,2%.
  • 40 aos 49 – 18,2%.
  • Entre a população em geral, este índice é de 19,4%.

_____________________

De acordo com o estudo Vigilância e Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel)

  • Índice de pessoas que consomem carne com gordura caiu de 39,2% em 2006 para 33,8% em 2008
  • O consumo de frutas e hortaliças cinco dias na semana subiu 23,9% para 31,5%.
  • Quando a quantidade observada são os 400 gramas diários recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS)o número de pessoas que alcançam o valor também subiu de 5,6% em 2006 para 15,7% em 2008.
  • 56,5% dos brasileiros tomam o leite integral (com gordura).
  • O consumo de leite gorduroso cai com a idade e com o aumento da escolaridade, mas sempre fica acima de 40% da população.
  • O consumo de refrigerantes também é alto, 27,8% da população ingere o produto regularmente.
  • Quando se trata de jovens entre 18 e 24 anos, o número sobe para 39%.

Fonte: Globo.com – G1, ABESO, Agência Brasil

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país


De acordo com o IBGE, número de crianças acima do peso triplicou nos últimos anos.

A obesidade infantil é cada vez mais preocupante no Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de crianças e adolescentes acima do peso cresceu quase três vezes nos últimos anos. Em muitos casos, a obesidade infantil é conseqüência do comportamento dos pais frente ao prato de comida.

Alguns países já tratam a obesidade como epidemia. Há seis milhões de jovens com excesso de peso, segundo pesquisa do IBGE. Pesquisas mostram que a doença não poupa nem os pequenos. Segundo o Ministério da Saúde, 6,6% dos meninos e meninas de 0 a 5 anos de idade são considerados obesos.

Em muitas crianças, a obesidade começa a dar sinais antes das primeiras papinhas e colheradas. Os médicos chamam a atenção para bebês de até 1 ano que estão sendo superalimentados. Um dos maiores riscos está na gestação. Mães que engordam muito na gravidez podem ter bebês acima do peso.

Pesquisadora do Hospital das Clínicas de São Paulo, a endocrinologista Sandra Vilares acompanha centenas de adolescentes com dificuldades para emagrecer e alerta: a criança fofinha de hoje pode ser o gordinho de amanhã.

“Criança obesa por volta dos 7 anos tem 50% de chances de ser um adulto obeso, e o adolescente obeso tem 80% de chances de ser um adulto obeso”, afirma Sandra.

Nota do Blog

É notável que a obesidade cresce em níveis alarmantes entre as crianças no Brasil.  É impressionante como é grande a quantidade de alimentos industrializados e congelados disponíveis em nosso país.

Nós só vamos ver este quadro se inverter quando começarmos a voltar a comer como nossos pais comiam, ou seja, começar a fazer nossa comida, comer mais frutas, verduras e saladas.

Gostou deste post? Leia também:

Apenas 1 em cada 100 pessoas conseguem perder peso através de uma dieta.

Alabama (EUA) Multará Funcionários Públicos por Obesidade

São Francisco em Pé de Guerra contra a Coca Cola

Obesidade nem sempre faz mal à saúde, diz estudo

‘Gordura boa’ pode ser nova arma contra obesidade

Fim da Gordura Trans é Voltar à Época da Banha, diz Indústria

Los Angeles, uma cidade em dieta

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

junho 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo