Posts Tagged '6'

É possível entrar em forma com 6 minutos por semana de exercícios? Aprenda um pouco mais sobre o HIIT

Imagem Real Ryderreal-rider

Há alguns anos os cientistas pensavam que para você adquirir uma resistência muscular só era possível através da prática de exercícios de resistência como longas corridas, pedaladas ou nadar por algumas horas. Porém este conceito está ficando ultrapassado.

Um método de treinamento chamado HIIT (High-intensity interval training) que nada mais é do que fazer exercícios com uma intensidade muito alta, alternando com curtos intervalos de descanso e por um curto espaço de tempo está chamando a atenção da comunidade de cientistas cada vez mais.

Um estudo realizado pelo Dr. Martin Gibala da Universidade de McMaster em Ontario no Canadá, constatou que você pode ficar em forma com apenas 6 minutos de exercícios diários.

A pesquisa foi realizada com um grupo de estudantes que estavam saudáveis mas não eram atletas, eles foram requisitados a usarem uma bicicleta estacionaria por 3 vezes por semana. Um grupo pedalou entre 90 a 120 minutos. Outro grupo fez uma série de pedaladas curtas com uma intensidade muito alta (20 a 30 segundos) e breve períodos de descanso (4 minutos), este ciclo foi repetido entre 4 e 6 vezes.

Depois de 2 semanas os dois grupos foram analisados e apresentaram praticamente o mesmo ganho de resistência muscular. As modificações moleculares que mostravam uma melhora no físico dos estudantes eram evidentes nos dois grupos. Em resumo, 6 minutos semanais de exercícios de alta intensidade trazem os mesmos benefícios que longas horas de exercícios moderados.

Mas segundo o Dr. Gibala, para você atingir bons resultados com o HIIT, você tem que fazer os exercícios no máximo da sua capacidade física, isso significa ir muito além da sua zona de conforto.

A minha opinião pessoal é que se você já pratica algum exercício regularmente e tem plena consciência do que o seu corpo pode suportar, este método pode ser uma boa alternativa.

Agora, se você está na mesma categoria como a minha e está muito acima do peso, ou não tem a mínima ideia do que você pode suportar em uma série de exercícios, mas mesmo assim tem vontade de tentar o método HIIT, o meu conselho seria de procurar um médico e um profissional de educação física para fazer os testes necessários para ver se você está apto para este tipo de treinamento intenso.

Fonte: NYT – Well

Gostou deste post? Leia também:

Treinos de alta intensidade são mais eficientes na queima de gordura – HIIT

Confira a rotina de treinamentos de Hugh Jackman para o filme X-Men Origens: Wolverine

Cuidados com o overtraining

2 Exercícios para fortalecer o seu abdominal – [core]

Alto consumo de refrigerantes está ligado a baixos níveis de potássio

Você quer perder peso? Comece eliminando o refrigerante

Andar como forma de exercício, qual será a quantidade certa?

Resfriado + Exercício, O que fazer? Aposto que a resposta vai te surpreender!

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter
Anúncios

Homem perde 73 kg em 6 meses com dieta de cebola e alho!!!

Imagem croatiantimes

momir-zmiric

“Eu não queria seguir nenhuma dieta recomendada por médicos e também não queria tomar nenhum remédio porque eu sabia que a solução estava na minha cabeça. Por isso eu decidi de começar uma dieta e parar de fumar na mesma noite”, esta declaração é do croata Momir Zmiric de 42 anos, que é pintor de paredes e vive na cidade de Split (a segunda maior cidade da Croácia).

Segundo Momir: “Eu não podia correr 2 metros. Então eu decidi de parar de comer carne, batata, queijo, presunto e outras comidas gordurosas que eu gostava. Quando o peso começou a diminuir, eu comecei a caminhar bastante, nadar e pedalar”.

A sua dieta foi determinada pelos seus dois alimentos não calóricos favoritos: Cebola e alho em cima de uma bolacha com suco de cenoura. “Eu também comi outras coisas que não eram gordurosas”, admite Momir que algumas vezes comeu peixe mas ficou longe da carne vermelha.

“Para o almoço eu comia 2 kg de carne assada ou 1 frango inteiro. Então no casamento da minha irmã eu decidi de parar de comer do jeito que eu comia. Eu não conseguia me olhar no espelho. Eu fiquei um pouco bêbado naquela festa e quando eu voltei pra casa no meio da escuridão do meu quarto eu decidi que iria entrar em uma dieta. Em seis meses meu peso foi de 165 kg para 92 kg”, segundo Momir.

Mas nem tudo foram flores, ele enfrentou algumas crises.

“Eu fui insistindo na minha dieta. Teve momentos de crise mas eu queria perder peso e apesar de que os médicos dizem na mídia, eu me sinto bem. Você pode ver eu estou em forma”, disse o pintor.

“As pessoas me dizem que eu sou candidato para entrar no livro dos recordes. Eu não conheço ninguém que perdeu 73 kg em 6 meses. Mas eu quero mais, agora que eu não preciso de usar camisas 6 extra-grandes, eu uso somente extra-grande. Eu quero ficar igual ao Arnold Schwarzenegger nos seus melhores dias. Pode acreditar, em mais ou menos 1 ano, eu vou ficar igual ao Schwarzenegger”, disse Zmiric.

“Eu quero começar um website para ajudar outras pessoas e também pretendo escrever um livro para contar sobre as minhas experiências”, “O meu objetivo é ajudar a outras pessoas que estão acima do peso. Eu sei como muitas pessoas estão, a minha pressão era de 200, isso significa que você está a um passo da morte, hoje ela esta em 120. Corriqueiramente eu paro as pessoas que estão acima do peso na rua e pergunto quanto elas pesam e antes delas ficarem revoltadas eu mostro uma foto minha de 6 meses atrás que está no meu celular. Depois disso, elas começam a pensar sobre elas mesmas”.

E vocês o que acham da dieta do Momir Zmiric? Uma coisa eu posso dizer é que a sua força de vontade é de causar inveja. E você acha que ele vai ficar igual ao Schwarzenegger? Quando eu li, eu pensei que ele esta viajando na maionese mas se ele me dissesse 6 meses atrás que iria perder 70 kg em 6 meses eu ia ter o mesmo tipo de pensamento e ele conseguiu, por isso fico em dúvida.

Para concluir, eu penso que a força de vontade é a nossa principal arma, com ela podemos atingir qualquer meta, não importa o quanto seja difícil e o croata Momir é um exemplo disso.

Fonte: croatiantimes

Gostou deste post? Leia também:

Eu perdi quase 55 quilos

Agora você não vai ter mais desculpas para não fazer exercícios 🙂

Perder peso – Conheça a história de David Smith que perdeu 186 kg.

Uma travessia para a vida

Perdendo Peso com Estilo

Saiba quantas calorias o seu corpo queima

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Gorduras também combatem a obesidade – [ômega-3 e ômega-6]

Imagem SXC

salmao

Embora a maioria das pessoas acredite que para conseguir combater a obesidade ou até mesmo perder alguns quilos o correto é eliminar totalmente a gordura da alimentação, porém isso não é verdade. Alguns tipos de gordura como, os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, são essenciais para a nossa saúde e ainda estimulam vários processos diferentes na luta contra a obesidade.

Esses ácidos colaboram na queima de gorduras ingeridas, melhoram o controle do nível de açúcar no organismo e a capacidade de transportar a glicose do sangue para as células e influenciam importantes alterações genéticas anti-obesidade, entre outras benfeitorias.

Os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6 podem ser encontrados em nozes, sementes de linhaça e abóbora, peixes gordurosos como o salmão, mariscos, algas marinhas e em verduras de folhas vedes.

Assim como todos os alimentos, esses ácidos também devem ser ingeridos com moderação, pois, se consumidos em excesso (ômega 6) podem fazer mal e rebaixar o nível de HDL (colesterol bom) e o retardar a coagulação sanguínea.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Gostou deste post? Leia também:

Os prós e os contras da carne vermelha

Dieta dissociada

Dieta do tipo genético

Proteína para os seus músculos

Chá vermelho, o poderoso da família Camellia Sinensis

O poder das frutas antioxidantes

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Os 6 erros mais comuns que os pais fazem ao alimentar seus filhos

1 – Mandar os filhos para fora da cozinha

É compreensível que os pais não queiram que as crianças estejam perto do fogão quente, água fervente e facas afiadas. Mas estudos sugerem que a participação das crianças na preparação da comida é um passo importante no sentido delas experimentarem novos alimentos.

2 – Fazer pressão para comer alimentos

Exigir que uma criança experimente tudo é susceptível a produzir efeitos negativos. Estudos mostram que as crianças reagem negativamente quando os pais fazem pressão aos filhos para comer os alimentos, mesmo se a pressão oferece uma recompensa.

3 – Manter as guloseimas fora do alcance

Os pais se preocupam que seus filhos vão comer muitas guloseimas, por isso, eles as colocam longe do alcance ou em lugares de difícil acesso. Mas estudos mostram que quanto mais proibido é um alimento, mais as crianças o desejam.

4 – Fazer dietas na frente do seus filhos

As crianças estão sintonizadas com seus pais, isso se aplica a preferências alimentares também, por isso elas têm muito mais probabilidade de experimentar os alimentos que seus pais estão comendo. Os pais que estão tentando perder peso devem estar ciente de como os seus hábitos alimentares podem influenciar a percepção da criança sobre a comida e uma alimentação saudável.

5 – Servindo legumes “sem graça”

Por contar as calorias os pais muitas vezes servem legumes cozidos no vapor, sem nenhum molho ou tempero, por isso as crianças são relutantes em comê-los. Nutricionistas dizem os pais não devem ter medo de colocar molhos ou temperos nos legumes.

6 – Desistir logo no começo

Hábitos alimentares mudam freqüentemente. Os pais devem preparar uma grande variedade de alimentos saudáveis e colocá-los na mesa, mesmo que uma criança se recuse a experimentar. Crianças pequenas, podem demorar 10 ou mais tentativas durante vários meses para começar a comer um alimento novo.

Seis minutos de exercício mantêm a forma, diz estudo

Um estudo realizado pela Universidade McCaster, no Canadá, mostrou que apenas seis minutos de exercício intenso por semana podem ser tão eficazes para manter a forma quanto seis horas de exercícios moderados no mesmo período.

Segundo a pesquisa, publicada no Journal of Applied Physiology (revista de fisiologia aplicada), exercícios curtos porém intensos tonificam os músculos e melhoram a resistência.

Mas os especialistas alertam que este tipo de exercício pode ser muito pesado para quem não estiver previamente em forma.

Atualmente, para se manter saudável, recomenda-se sessões de 20 a 30 minutos de exercício aeróbico moderado, de três a cinco vezes por semana.

Regimes de exercício

Os pesquisadores compararam o desempenho de 23 pessoas que seguirem três rotas de exercícios diferentes, três vezes por semana. Todos os participantes estavam razoavelmente em forma e saudáveis.

Um grupo pedalava duas horas por dia, em uma velocidade moderada, e o segundo grupo pedalava por dez minutos, em sessões de um minuto, em velocidade um pouco mais alta.

Um terceiro grupo participou de um treinamento de corrida – pedalando em velocidade máxima por dois minutos em micro-sessões de 30 segundos, com quatro minutos de intervalo entre cada sessão.

Os voluntários completaram um circuito de quase 30 km no início da pesquisa, e o repetiram depois de duas semanas de treinamento.

A conclusão foi de que todos os participantes melhoraram o desempenho físico na mesma medida.

Análises mostraram que a velocidade em que os músculos dos participantes absorviam oxigênio – um fator chave para medir o quão em forma alguém está – era a mesma.

Capacidade Muscular

Os níveis de uma enzima chamada citrato-sintase, que ajuda o tecido a processar oxigênio e a combater a diabetes, também eram similares entre todos os participantes.

O professor Martin Gibala, que liderou a pesquisa, disse que “sessões curtas de exercício muito intenso melhoram a saúde muscular e a performance, tanto quanto várias semanas de treinamento tradicional para aumento de resistência”.

“O treinamento de corrida pode ser uma opção para aqueles que usam a falta de tempo como principal desculpa para entrar em forma e manter um regime saudável de exercícios”, disse ele.

John Brewer, da Academia de Ciências do Esporte Lucosade, disse à BBC que as sessões curtas de exercício intenso só são recomendadas para quem já está em forma.

Segundo ele, a melhor maneira de manter a saúde cardiovascular e a forma ainda é seguir as recomendações atuais de exercícios.

Nota do Blog

Eu classifico este estudo na categoria de estudos sem lógica, não que eu não acredite na veracidade desta pesquisa, muito pelo contrário mas não acredito que vá alterar alguma coisa.

Vou explicar, os pesquisadores apontam que para este tipo de exercício tenha sucesso você deve estar em forma, porém para estar em forma você precisa fazer as 6 horas semanais.

As pessoas que alegam que não tem tempo livre para fazer exercícios com certeza não estão em forma, por isso elas não estão aptas a fazer este tipo de exercício intenso e as pessoas que estão em forma não vão se satisfazer com apenas 6 minutos por semana de atividades físicas.

A minha conclusão é que vale apenas pela curiosidade, porém se você já está em forma e tem uma semana bem cheia, você pode se beneficiar desta técnica.

Gostou deste post? Leia também:

Perdendo Peso com Estilo

Saiba quantas calorias você pode queimar com 30 minutos de sexo

Sem $$$ pro Viagra? Coma Melancia

Acabou de Fazer Exercícios? Beba uma Cerveja para Hidratar

Você se acha em forma? Então veja este vídeo

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

julho 2019
S T Q Q S S D
« jul    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo
Anúncios