Posts Tagged 'Comportamento'

Paul James – Ex-modelo e personal trainer quer engordar 40 kg para compreender obesos

paul-pj-james

Essa é uma daquelas notícias que se você ouve de qualquer um não vai acreditar. O Paul James, mais conhecido como PJ é ex-modelo e atualmente é personal trainer e vive na Austrália.

Depois de 5 anos treinando ele nunca entendeu do porque muitos de seus alunos que estão acima do peso acabam desistindo das aulas ou nunca estão motivados para perder os quilos extras.

Para entender de uma vez por todas esta desmotivação, no começo deste ano ele resolveu fazer uma coisa que para muita gente, especialmente para quem quer perder peso, é uma loucura. Ele resolveu ganhar 40 quilos e manter o peso por 3 meses.

A idéia, para variar, já gerou muita controvérsia principalmente na classe médica que atesta que este tipo de dieta é muito prejudicial a saúde, segundo Boyd Swinburn, professor da Escola de Ciências da Nutrição e Atividade Física da Universidade de Deakin, PJ está arriscando sua saúde, principalmente o fígado e o coração.

PJ já nota que as pessoas começam a olhar ele de uma outra maneira, principalmente quando está treinando outros clientes e admitiu que está começando a gostar da comida do seu novo regime, que inclui 10 ovos mexidos com bacon e 3 litros de leite achocolatado!!!

A minha opinião é um pouco dividida pois não acho que ganhar 40 quilos em 3 meses reflete a vida de uma pessoa sedentária, mesmo mantendo o peso por 3 meses. Por outro lado, esta experiência reforça que estar acima do peso não é uma coisa só da genética, pois PJ em 2 meses conseguiu ganhar 26 kg. Isso demonstra que o hábito alimentar tem grande influência na saúde de qualquer pessoa.

Outro fato interessante é que ele está desenvolvendo um documentário sobre o projeto e acho que pode ser bem interessante descobrir na sua visão o que mudou na sua vida ao adicionar todos esses quilos.

Segundo PJ, seus alunos aprovam a iniciativa mas a maioria o chamam de louco, mas ele não se importa. Na sua opinião se este projeto ajudar apenas uma pessoa, todo o processo já valerá a pena.

Bom PJ, não sei se concordo com a sua idéia mas te desejo toda sorte do mundo e espero que o seu projeto possa incentivar muitas pessoas.

Fonte: BBC Brasil

Gostou deste post? Leia também:

Médico troca carro pela bicicleta

O que é que a baiana tem?

Seria a barriga de chopp um mito?

Comer é prazeroso para você?

O estresse pode causar aumento no peso

Maus hábitos alimentares durante a gestação podem passar de mãe para filho

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Anúncios

Mulher, se você quiser ficar magra, fique solteira

Segundo um estudo as mulheres tendem a adotar hábitos alimentares do parceiro

As mulheres engordam e comem de forma menos saudável quando moram com seus parceiros, segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Newcastle, no norte da Inglaterra.

Por outro lado, os homens tendem a adotar hábitos mais saudáveis quando moram com suas parceiras.

Os pesquisadores analisaram sete trabalhos sobre o tema e concluíram que a mudança ocorre porque um parceiro tenta agradar ao outro.

Os estudos analisaram hábitos alimentares de milhares de pessoas, casadas ou vivendo juntas, em várias partes do mundo, e revelaram o mesmo padrão de comportamento.

Os homens passaram a ter uma dieta mais leve, com mais frutas e legumes, enquanto as mulheres passaram a comer mais pratos ricos em gordura e proteína animal.

Mais carne

Nos Estados Unidos, um estudo com 20 casais revelou que os homens passaram a comer menos carne e as mulheres, mais.

Outro estudo feito nos Estados Unidos, este com 9.043 adultos, mostrou que o casamento produziu um aumento de peso nas mulheres.

A separação e a saída de casa, no entanto, está associada à perda de peso na mulher.

Os autores desse estudo sugerem que o aumento de peso esteja associado a hábitos alimentares mais estruturados e à falta de tempo para exercícios no casamento.

Na Austrália, uma pesquisa com 3 mil pessoas revelou que os homens parecem preferir dietas com mais gordura e mais açúcar, enquanto as mulheres preferem alimentos mais saudáveis.

Amelia Lake, autora do estudo australiano, também pesquisou mudanças nas dietas de 198 pessoas com idades entre 11 e 30 anos.

“Uma proporção significativa de mulheres vê a influência dos parceiros na sua dieta de forma negativa, enquanto os homens dizem que a influência das parceiras é positiva”, explicou Lake.

“Se um parceiro está sempre querendo comida para viagem e o outro insiste na salada, pode haver problemas, e obviamente vai ser preciso um acordo”, acrescentou.

Lake diz, no entanto, que os casais deveriam ver a mudança no estilo de vida como uma oportunidade para melhorar.

A médica Frankie Phillips, da British Dietetic Association, oferece o seguinte conselho às mulheres com dificuldade de manter o peso após irem morar com os parceiros: é importante prestar atenção no tamanho das porções.

“Em média, os homens precisam de mais energia do que as mulheres, portanto, comer porções iguais pode significar que as mulheres estão comendo demais”, diz Phillips.

Nota do Blog

Não é surpresa para ninguém que os homens comem pior (em relação a comidas saudáveis) do que as mulheres.  Tanto é, pois há mais homens obesos do que mulheres e acredito que seja assim pois as mulheres se policiam mais do que os homens em relação ao físico.

Nota-se que os homens se beneficiam quando estão morando junto com uma mulher, se beneficiando com uma comida mais saudável, porém o estudo não diz que perdem peso e acredito que não percam mesmo pois quantas pessoas você conhece que após se juntar ganhou peso?  Muitas, e devem ser maioria eu aposto.

Grande parte deste problema se deve ao fato que ficar em forma para muitas pessoas é relacionado a conquistar um parceiro ou parceira, e não pela saúde.  Acredito que esta forma de pensar é que devemos combater, pois quando pensamos assim, perder peso se torna uma coisa secundaria e não uma prioridade.

Fonte:  BBC Brasil

Gostou deste post? Leia também:

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces e salgadinhos

Perder peso – Conheça a história de David Smith que perdeu 186 kg

Qual é o estado de um hambúrguer do McDonald’s depois de 12 anos?

7 Alimentos que você deveria comer todos os dias

Tome uma atitude. Ame o seu coração

Brasil é o 3º maior consumidor de inibidores à base de anfetamina

Músculo pesa mais que gordura?

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país


De acordo com o IBGE, número de crianças acima do peso triplicou nos últimos anos.

A obesidade infantil é cada vez mais preocupante no Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de crianças e adolescentes acima do peso cresceu quase três vezes nos últimos anos. Em muitos casos, a obesidade infantil é conseqüência do comportamento dos pais frente ao prato de comida.

Alguns países já tratam a obesidade como epidemia. Há seis milhões de jovens com excesso de peso, segundo pesquisa do IBGE. Pesquisas mostram que a doença não poupa nem os pequenos. Segundo o Ministério da Saúde, 6,6% dos meninos e meninas de 0 a 5 anos de idade são considerados obesos.

Em muitas crianças, a obesidade começa a dar sinais antes das primeiras papinhas e colheradas. Os médicos chamam a atenção para bebês de até 1 ano que estão sendo superalimentados. Um dos maiores riscos está na gestação. Mães que engordam muito na gravidez podem ter bebês acima do peso.

Pesquisadora do Hospital das Clínicas de São Paulo, a endocrinologista Sandra Vilares acompanha centenas de adolescentes com dificuldades para emagrecer e alerta: a criança fofinha de hoje pode ser o gordinho de amanhã.

“Criança obesa por volta dos 7 anos tem 50% de chances de ser um adulto obeso, e o adolescente obeso tem 80% de chances de ser um adulto obeso”, afirma Sandra.

Nota do Blog

É notável que a obesidade cresce em níveis alarmantes entre as crianças no Brasil.  É impressionante como é grande a quantidade de alimentos industrializados e congelados disponíveis em nosso país.

Nós só vamos ver este quadro se inverter quando começarmos a voltar a comer como nossos pais comiam, ou seja, começar a fazer nossa comida, comer mais frutas, verduras e saladas.

Gostou deste post? Leia também:

Apenas 1 em cada 100 pessoas conseguem perder peso através de uma dieta.

Alabama (EUA) Multará Funcionários Públicos por Obesidade

São Francisco em Pé de Guerra contra a Coca Cola

Obesidade nem sempre faz mal à saúde, diz estudo

‘Gordura boa’ pode ser nova arma contra obesidade

Fim da Gordura Trans é Voltar à Época da Banha, diz Indústria

Los Angeles, uma cidade em dieta

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Perdendo Peso com Estilo

Quem disse que você não pode perder peso com muito estilo?

De acordo com a Art de Toilette você pode sim, confira essas balanças.

Gostou deste post? Leia também:

Saiba quantas calorias você pode queimar com 30 minutos de sexo

Sem $$$ pro Viagra? Coma Melancia

Acabou de Fazer Exercícios? Beba uma Cerveja para Hidratar

Você se acha em forma? Então veja este vídeo

Seis minutos de exercício mantêm a forma, diz estudo

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Dietas Rápidas

Gostou deste post? Leia também:

Encontrada a pílula mágica para emagrecer!!! – [humor]

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

GAP Retira Números XXG das Lojas

Apenas 1 em cada 100 pessoas conseguem perder peso através de uma dieta.

Saiba quantas calorias o seu corpo queima

BODiBEAT o mp3 player que acompanha o ritmo dos seus passos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

GAP Retira Números XXG das Lojas

A loja de roupas GAP decidiu que a partir da primavera de 2008 suas lojas nos Estados Unidos não irão ter mais a opção XXG, de acordo com um comunicado da própria empresa.

Nós decidimos de não mais oferecer o número XXG nas lojas e oferecer mais unidades nos números médios e grandes, que são nossos tamanhos mais populares…A decisão é parte de nossos esforços para controlar o inventário.

Se você usa XXG e a GAP é a sua loja favorita, você ainda tem a opção para comprar online que ainda carrega os números XXG, porém de acordo com um porta voz da empresa, a GAP vai manter a sua decisão de não oferecer estes números em suas lojas.

No geral, a maioria dos nossos clientes apreciou o fato de que nós oferecemos mais números nos tamanhos médios ou grandes em nossas lojas.

Nota do Blog

Acreditamos que esta decisão é puramente econômica e nada tem a ver com o controle de estoques em suas lojas.

Afinal uma companhia que usa e abusa do trabalho barato em países como El Salvador para fabricar suas roupas, vai querer ter o máximo de lucro possível e como uma camisa XXG usa muito mais tecido do que uma média e ambas são vendidas ao mesmo preço, não temos dúvida do porque desta decisão.

Gostou deste post? Leia também:

Apenas 1 em cada 100 pessoas conseguem perder peso através de uma dieta.

Saiba quantas calorias o seu corpo queima

BODiBEAT o mp3 player que acompanha o ritmo dos seus passos

Dietas Rápidas – [humor]

Encontrada a pílula mágica para emagrecer!!! – [humor]

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

julho 2019
S T Q Q S S D
« jul    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo
Anúncios