Posts Tagged 'Dicas'

13 Mitos sobre dietas

Imagem Geo Cristianbarriga

Eu achei estas dicas no diet blog e achei super interessante. Você não vai achar a fórmula mágica mas com certeza alguma destas dicas podem te dar uma ajudinha na sua dieta.

Uma coisa que temos que botar na cabeça é que para uma dieta dar certo o principal fator é você.

1. Você não precisa de exercício para perder peso
Obviamente você pode perder peso sem exercício, no entanto a melhor maneira de perder peso e ficar em forma é combinar uma dieta saudável com exercícios regulares. O simples fato é que o exercício é importante, independentemente do seu peso atual.

2. Pular o café da manhã ajuda a perder peso
Na realidade, estudos indicam que quando você corta o café da manhã, você está mais susceptível a consumir mais calorias no final do dia para compensar. Além do mais, ficar sem café da manhã não é bom para o seu estado metabólico e de humor também.

3. Comer a noite dificulta o emagrecimento
Um estudo do Dunn Nutrition Centre, em Cambridge, os voluntários foram submetidos a um teste em que mede calorias queimadas e armazenadas. Eles receberam um pequeno almoço e uma grande janta por um período experimental. Em seguida, um grande almoço e um jantar pequeno durante um segundo período de ensaio. Os resultados revelaram que consumindo uma grande refeição a noite, não fez o corpo armazenar mais gordura.

Portanto, é evidente que não é importante a que horas você come, mas o valor total que você consume em um período de 24 horas.

4. Certos alimentos são “bons” outros não
É bastante evidente que alguns alimentos são melhores do que outros, tais como frutas, legumes, nozes e etc. Mas, não tente me dizer que comer um pedaço de pão faz mal… isso é ridículo! Moderação é a resposta certa.

5. Alimentos com baixo teor de gordura são melhores para você
Se um produto que alega ser “fat free” (sem gordura ou diet), é mais do que provável que você encontrará um alto teor de açúcar. Lembre-se, “sem gordura” não significa necessariamente “baixas calorias” ou “sem calorias”. Para obter uma imagem mais clara do que está comendo, sempre verifique cuidadosamente os valores nutricionais.

Vale também salientar que uma dieta super restritiva isenta de gordura não é necessário, você precisa ter alguma gordura na sua dieta. Tente evitar gorduras trans sempre que possível, e substitua as gorduras saturadas por gorduras insaturadas que são encontradas nos óleos vegetais (canola, oliva, etc), abacates, nozes, etc.

6. O suco de fruta é tão bom quanto comer frutas
Meu lema é de sempre comer alimentos o mais próximo da sua forma natural e sucos realmente não se enquadram nesta linha facilmente. Embora não seja de todo mal, você poderia certamente se beneficiar muito mais comendo o fruto inteiro, e não adquirindo as calorias vazias do suco.

7. O ganho de peso é inevitável a medida em que você envelhece
Evidentemente a taxa metabólica cai com a idade, mas simplesmente comer um pouco menos pode consertar isso. O problema para a maioria das pessoas é que a atividade física diminui a medida que envelhecem. Portanto, se você quiser ter certeza de não ganhar aqueles quilinhos extras com cada passagem de aniversário, aumente o seu nível de atividade e observe a ingestão de calorias.

8. Perder peso rápido é a melhor solução
Na verdade, perder peso lentamente é muito melhor. Dessa forma você terá mais probabilidades de perder excesso de gordura, não músculo. Além do mais, você terá uma maior chance de manter sua perda de peso por um longo prazo.

9. Ao parar de fumar você ganhará peso
Embora seja verdade que algumas pessoas ganham peso quando param de fumar, isso não é o caso de todos. A nicotina aumenta o metabolismo do corpo, no entanto, este efeito é pequeno, e não é uma razão suficiente para deixar de fumar.

10. Perder peso irá resolver seus problemas
Se você tem problemas antes de perder peso, infelizmente, eles continuaram a existir após os quilos sumirem. Então, o que devo fazer? É importante que você seja honesto com você mesmo sobre a fonte das suas dificuldades e em seguida, defina metas realistas para ajudá-lo a conseguir o que pretende na vida.

11. Todo mundo ganha peso durante as férias
É possível desfrutar das suas férias e ainda perder peso, ou pelo menos ficar com um peso constante. Como? Comer com moderação. Se você assumir que vai ganhar peso durante as férias, é um pouco como uma profecia de auto-preenchimento. Comece com uma atitude positiva e seja realista no que você pode alcançar.

12. O meu “metabolismo lento” é que me impede a perder peso
Infelizmente as pessoas estão se tornando cada vez mais sedentárias e provavelmente esse é um fator crucial para os problemas crescentes com o ganho de peso.

Um estudo publicado na BBC:

Os cientistas mediram a quantidade exata de calorias que pessoas com sobrepeso e peso saudável queimam enquanto estão sentados ou deitados em silêncio. Isso foi feito através da medição da quantidade de oxigênio inalado e na quantidade de dióxido de carbono exalado.

Os resultados destes estudos têm mostrado que as pessoas com sobrepeso gastam mais energia para manter seu corpo funcionando. Isto é porque possuem corpos maiores com mais músculos e órgãos internos.

No entanto, após tomar em consideração as diferenças no tamanho do corpo, os magros e as pessoas obesas têm demonstrado que possuem taxas metabólicas similares.

13. Consumir alimentos gordurosos levam a um ganho de peso rápido
Na realidade ganhar peso é um processo bastante lento. Se você comer uma refeição muito gordurosa e a balança acusar que você ganhou uns quilos, é muito provável que este ganho é devido aos líquidos. Se você voltar a comer comidas saudáveis novamente os quilos extras vão desaparecer.

Gostou deste post? Leia também:

Desmistificando as porções de frutas e verduras

20 dicas para emagrecer de um ex-gordo

Dicas dos visitantes

10 dicas para ajudar a sua dieta

O que fazer e não fazer para continuar a sua rotina de exercícios

7 dicas para perder peso com sucesso

Dez maneiras simples de aquecer o ímpeto em um regime de emagrecimento

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces, salgadinhos ou qualquer outro tipo de alimento que venha atrapalhar o seu regime

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter
Anúncios

Globo repórter – Saúde, qualidade de vida e dieta

Este foi um programa especial do globo repórter de 35 anos.  Os internautas ajudaram na escolha do tópico e escolheram o tema da saúde.

Eu recomendo a todos a assistirem este programa, entre muitas coisas você vai ver imagens de São Paulo na década de 70 onde praticamente não se via pessoas acima do peso, vai descobrir que Aracajú é a capital mais saudável do Brasil (parabéns aos sergipanos) e vai poder se espelhar em dona Maria, uma senhora com 93 anos e que pratica esportes regularmente e cuida da sua dieta.

Gostou deste post? Leia também:

Os adolescentes brasileiros se alimentam mal

O banco dos gordinhos do metrô de São Paulo

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Crianças obesas podem ter a idade vascular de uma pessoa com 45 anos

Médicos fazem alerta sobre geração de obesos no país

Obesidade Infantil, Brasil Pode Alcançar EUA

Propagandas, igual a alimentos pouco saudáveis

Obesidade no Brasil – Gráficos

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

Alto consumo de refrigerantes está ligado a baixos níveis de potássio

Imagem Diego Normarefrigerantes

Uma matéria publicada no International Journal of Clinical Practice observou que consumidores de refrigerantes (dois a quatro litros por dia) estão em risco de hipocalemia, ou baixos níveis de potássio.

Esta é uma condição séria, que leva a fraqueza muscular, fadiga, vômitos, diarreia e até mesmo a problemas cardíacos.

A análise incluiu duas gestantes que bebiam três e sete litros de coca-cola por dia. Este estudo também incluiu um homem de 51 anos que bebia quatro litros por dia, porém ele se recusou a desistir, mesmo quando descobriu que o refrigerante era o responsável pelos sintomas.

Não há dúvida que terminar o hábito de beber refrigerantes pode ser bastante difícil para algumas pessoas. Este não é um problema para a maioria das pessoas pois elas não bebem litros e litros de refrigerante por dia. Porém as embalagens de refrigerantes que estão cada vez maiores significa que estamos bebendo mais do que nunca.

Na América do Norte as “vending machines” de refrigerantes oferecem embalagens de 24 onças, de modo que se você consumir dois destes por dia equivale a quase um litro e meio. Refrigerantes açucarados têm sido relacionados à obesidade, diabetes e síndrome metabólica.

Enquanto um refrigerante de vez em quando, não fere ninguém, se você tiver o hábito diário é melhor tentar parar de vez.

Dicas para você terminar de beber refrigerantes:

  • Diminua o consumo gradualmente. Se você bebe 4 refrigerantes por dia, substitua 2 por outra bebida.
  • Troque por refrigerantes diet, em seguida, mude para águas com sabor.
  • Assim que você estiver confortável com esta nova rotina, substitua o resto dos refrigerantes por uma bebida alternativa.
  • Ainda está vivo? Ótimo! Agora substitua os refrigerantes diet ou a água com sabor por água. Não gosta de água? Tente adicionar pedaços de fruta fresca.
  • Experimente outras bebidas como chás, leite, leite de soja, e água com gás – o objetivo aqui é principalmente se hidratar com água.
  • Não tenha refrigerante em casa.

Eu parei de beber refrigerantes no dia 10/2/09 (vale destacar que eu bebia 2 litros de pepsi ou coca diet por dia), que foi a data em que eu comecei o meu teste de ficar 3 meses sem comer doces. As vezes eu ainda tenho uma vontade de tomar um guaraná ou uma coca mas depois eu penso que eu já estou tanto tempo sem tomar refrigerantes então eu deixo pra lá, e na verdade eu acredito que eles não fazem mais falta.

E você, conseguiu quebrar o seu hábito de tomar refrigerantes? Compartilhe as suas dicas nos comentários, com certeza elas podem ajudar outras pessoas.

Fonte: Dietblog

Gostou deste post? Leia também:

Você quer perder peso? Comece eliminando o refrigerante

Andar como forma de exercício, qual será a quantidade certa?

Resfriado + Exercício, O que fazer? Aposto que a resposta vai te surpreender!

Você pensa que 30 minutos diários de exercícios são suficientes para perder peso? Ai vai uma dica, PENSE DE NOVO!!!

50% da população mundial se considera acima do peso

Só exercícios ajudam a perder peso?

Obesidade pode ser determinada antes dos 5 anos

Gene defeituoso está ligado a obesidade

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

20 dicas para emagrecer de um ex-gordo

minimize-me-banner1

ex-gordoHoje eu encontrei uma matéria na revista época sobre dicas para você emagrecer.  As dicas vem do Cid Loureiro Penteado Junior que conseguiu perder 180 quilos.  Na matéria eles escolheram 13 dicas do site do Cid, eu gostei de algumas dicas mas não todas mas ao visitar o site dele ele possui uma página com 110 dicas e eu escolhi as 20 melhores.

  1. Identifique os fatores que o levam a comer em excesso.
  2. Só faça compras no supermercado depois de se alimentar.
  3. Procure alternativas para compromissos sociais que o levem a comer e beber, por exemplo, ao invés de convidar seu amigo para beber cerveja , chame para uma caminhada.
  4. Desenvolva técnicas para evitar exageros quando comer fora de casa. Quando for a um churrasco ,coma bastante salada e pouca carne. Troque a cerveja pelo refrigerante dietético, etc.
  5. Pratique atividades físicas informais. Alguns macetes ajudam, por exemplo: parar o carro em uma vaga mais distante, evitar uso de controles remotos e usar mais as escadas , ao invés de elevadores e escadas rolantes.
  6. Diferencie fome de gula.
  7. Estabeleça objetivos realistas para o seu emagrecimento. Evite a pressa. Analise há quanto tempo da sua vida você carrega os “quilinhos”a mais. Não tenha pressa em se livrar deles – eles já fazem parte da sua vida. De mais a mais , toda mudança de peso deve ser lenta e contínua. Como já diziam as avós de nossas avós, devagar e sempre.
  8. Não persiga metas impossíveis . O peso ideal é aquele que você consegue atingir e manter , de forma saudável e sem passar fome. Evite dietas de qualquer tipo, inclusive as da moda pois quem as vendem são vendedores de ilusões .
  9. Conheça as calorias dos principais alimentos, principalmente aqueles básicos do seu dia-a-dia. Assim poderá fazer sempre a opção por aqueles menos calóricos . OBS: Faça sempre a troca dos mais pelos menos calóricos na hora de sua refeição. Este é o grande trunfo para mudança nos hábitos alimentares e emagrecer de maneira natural e com saúde.( você não deixa de comer, apenas substitui os alimentos calóricos pelos menos calóricos.)
  10. Não fique longos períodos sem alimentar-se, pois pode exagerar na próxima refeição.
  11. Torne apetitosa a alimentação, mesmo com poucas calorias. Alimente quando estiver realmente com fome, pois assim apreciará e gostará do prato escolhido mesmo com poucas calorias. OBS: Quando a pessoa não está com fome, a tendência é de comer sempre o que gosta, ao invés do que é necessário para matar a fome. Faça sempre a pergunta. Quero comer porque estou com apetite ou realmente estou com fome?
  12. Aumente a quantidade de fibras na sua alimentação, ingerindo bastante verduras, legumes e frutas, pois as fibras regularizam o intestino e fazem uma limpeza geral no mesmo.
  13. Os nutricionistas afirmam que, se você come algo quando a sua taxa de glicose (açúcar) está alta, porque acabou de almoçar, por exemplo, essa beliscada certamente vai virar gordura. Eles aconselham que após um lanche você espere pelo menos duas horas para pôr qualquer coisa na boca. E depois de uma bela refeição, aguarde cerca de cinco horas.
  14. Não tenha pressa para emagrecer, você ficará ansiosa, e com a sensação de que sua alimentação não está dando certo e daí para desistir é um pulo. Não tenha pressa, tenha persistência para mudar seus hábitos alimentares.
  15. Estabeleça metas realistas e viáveis. Por exemplo, começar a caminhar dez minutos todos os dias nesta semana. Certamente será capaz de cumpri-la e depois poderá aumentar o tempo. Proposta do tipo “Vou correr 10 quilômetros por dia”, se você é sedentária, são descabidas e frustram, gratifique-se a cada meta conquistada.
  16. Você deve emagrecer por sua saúde, sua beleza, sua vontade. Não para agradar quem quer que seja. Desenvolva uma motivação interna.
  17. Procure temperar os pratos com ervas frescas, como alecrim, salsinha, azeite de oliva e manjericão.
  18. Dê preferência a restaurantes por quilo, onde você controla a quantidade e o tipo de comida. Mas não se deixe seduzir pela variedade comendo muito.
  19. Nada mais chato que a rotina. No processo de emagrecimento, varie o cardápio. Ficar comendo a mesma coisa diariamente pode dar desejo de fugir da alimentação saudável.
  20. Envolva toda a família na busca de uma alimentação saudável, pois assim fica bem mais fácil manter o peso ideal.

Para quem tiver curiosidade e quiser conhecer as outras dicas é só visitar o site do ex-gordo

Sobre o meu vídeo

Desculpe pela não publicação do meu vídeo que deveria ser hoje mas é que nesta semana a gripe que eu já tinha mencionado em um outro post me pegou e por isso eu não consegui terminar o vídeo, mas eu prometo que na próxima segunda (9/3/09) o vídeo vai estar aqui no blog.

minimize-me-banner1

Gostou deste post? Leia também:

Dicas dos visitantes

10 dicas para ajudar a sua dieta

O que fazer e não fazer para continuar a sua rotina de exercícios

7 dicas para perder peso com sucesso

Dez maneiras simples de aquecer o ímpeto em um regime de emagrecimento

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces, salgadinhos ou qualquer outro tipo de alimento que venha atrapalhar o seu regime

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Dicas dos visitantes

dicas2

Através do blog eu acabo recebendo muitas dicas, porém elas ficam um pouco escondidas nos comentários.  Hoje eu resolvi compartilhar algumas delas com todos os leitores, ai vai:

Dica do WDF

Caro Blogueiro. Você parece estar no caminho certo. Foi assim que eu também comecei a fazer em fevereiro de 2008, quando estava com 119 kg.

Hoje, contabilizei nessa manhã de domingo, após uma caminhada no parque (40 minutos) e mais 20 minutos de esteira, 100 quilos. Ou seja, perdi 19 quilos em 1 ano. Mas os resultados foram difíceis nos primeiros 4 meses. A dieta era de restrição alimentar, com aproximadamente 1200 cal por dia e mais hidroginástica (3 x por semana) e caminhadas. Perdi rapidamente 5 quilos, mas depois houve um longo período de estabilização.

Somente comecei a perder peso (em torno de 90 gramas por dia) quando mudei radicalmente a dieta. Aboli as farinhas brancas, o açúcar branco, as carnes vermelhas, o leite de vaca, o café, os adoçantes e mais algumas coisas. Sofri horrores nas 3 primeiras semanas. Tive dores de cabeça durante quase duas semanas. Era a tal da síndrome da abstinência, que passou na terceira semana.

Hoje alimento-me com aproximadamente 1500 calorias por dia e continuo perdendo peso. às vezes abro algumas exceções, como por exemplo pizza, ou algum doce. Mas somente raramente. Não sinto mais nenhuma falta da carne e do açúcar. Como peixe quase todos os dias. Meus níveis de glicose, triglicéride e colesterol baixaram significativamente e tenho, hoje, uma disposição invejada. Sinto-me com 10 dez anos menos que há um ano.

Meu conselho para você é manter um diário com todas as suas atividades, alimentação e peso. Eu construi uma planilha que alimento todos os dias. Isso me deu um “apoio” tremendo, mantendo-me sempre em meu objetivo.

Um outro conselho, leia o livro Ultrametabolismo de Mark Hyman. Foi à partir dessa leitura e estudo que consegui atinguir meus objetivos.
Boa sorte.

Dica da Gabrielle

Alex,

Acho que vc está no caminho certo. Nada de exageros. O importante sim é ter os exercícios como rotina e melhor a alimentação.

Fiz muitas dietas para emagrecer (vivi na sanfona), mas nunca fui obesa. No entanto me irritva sempre esse emagrece-engorda de 2 em 2 meses… Até que um dia me convenci de que a tal reeducação alimentar, que todo nutricionista fala (e que me irritava), é o caminho correto.

Estou a quatro meses na reeducação alimentar e inseri os exercícios na minha vida. Nada poderia ser melhor para o meu animo, me sinto viva, me alimento pensando no beneficio daquilo para meu bem estar físico e mental. Escrevo tudo que como como maneira de me organizar e saber + ou – quantas calorias estou ingerindo para ficar um pouco abaixo da minha TBM (enquanto ainda quero emagrecer).

Quantos quilos perdi nesses quatro meses? Ah! Menos do que perdia num mês da “dieta da moda” (engordava tudo no mês seguinte). Mas minha saúde, essa agradece e em mais um mês atinjo minha meta, de maneira sustentável. 🙂

Ah! Minha necessidade por doces (como a sua) eu respeito, e TODOS os dias como uma barrinha de 25g de chocolate amargo. Cabe perfeitamente na minha reeducação alimentar.

Abs e boa sorte! Vou acompanhar de perto.

Dica do Dennis Menezes

Junte o Wii com a bike … apesar de fazer os movimentos do Jogo de Tênis, não passa nem perto das calorias de que se pode perder com um …

Wii é “um a mais” , não “o” exercício do dia …

Eu consegui perder peso por mim mesmo também, não fazendo cálculos de calorias e tal … mas trocando alimentos , dando horários as refeições e comendo sempre a mesma coisa , variando os bons alimentos …

Vitamina de banana com aveia e semente de linhaça pela manhã e uma fatia de pão com queijo ou/e suco de laranja com 2 fatias de pão , é uma ótima pra começar o dia !

boa sorte e se empenhe , porque com certeza terá resultados se você seguir a risca o que disse … isso que mais anima!!

Dica do Desi

Durante toda a minha vida tive problemas com sobrepeso. Fiz muitas dietas, sempre perdendo peso e…. sempre retornando acima do que havia perdido. Isso complicou muito com péssimos hábitos alimentares que eram carreados principalmente por causa de bebidas alcoólicas. Cheguei a 125 kg. Lembro-me do dia que vi esse número estampado na balança; entrei em depressão. Mesmo assim levou um tempo para parar de beber. Quando fiz isso imediatamente perdi aproximadamente 10 kg.

Mas o peso estacionou por aí e, mesmo sempre controlando a alimentação, eu não conseguia baixá-lo. No começo desse ano (2008), depois de um período muito difícil atingi 119 kg. Novamente comecei a entrar em pânico. Iniciei então um regime bastante restritivo, consumindo em média 1100 calorias por dia. Tudo contadinho. além disso hidroginástica 3 vezes por semana. Perdi 5 kg rapidamente. Só que depois o peso estabilizou e não mais conseguia diminuir, enfrentando ainda o problema de que, em qualquer viagem que fazia (de 3 a 5 dias), engordava 3 a 4 quilos.

Foi então que li um livro (Ultrametabolismo), que me acendeu a vontade de mudar de vida e de dieta. Troquei uma série de alimentos, cortei os açúcares brancos, a farinha branca, as carnes vermelhas, os adoçantes e todo tipo de salgadinhos. Passei a consumir alimentos funcionais integrais. Aumentei meu consumo calórico diário para aproximadamente 1500 calorias, às vezes 1800. De repente comecei a perder peso sem fome, principalmente porque como 6 vezes por dia.

Além disso, aumentei as atividades físicas incluindo, além da hidroginástica, caminhadas na esteira ou no parque, exercitando-me durante toda a semana. Minha vida começou a mudar. Nessa segunda fase já perdi mais de 8 kg (em 3 meses).

Segundo a minha estatística, na primeira fase restritiva eu consegui perder algo em torno de 38 gramas por dia; na segunda fase eu perco aproximadamente 100 gramas por dia. O começo é difícil, mas os resultados obtidos valem a pena. Todos os meus exames clínicos melhoraram consideravelmente. Sinto-me disposto e muito confiante.

Então, mãos à obra, nesse e em outros sites existem muitas dicas excelentes para ajudar a todos. A minha dica é: nunca perca o controle do seu peso. Pese todos os dias mantendo um diário do peso perdido, quantidade de quilos perdidos acumulado, IMC progressivo e quantidade de calorias ingeridas. Para quem tem um pouco de conhecimento sobre a planilha excel vai ser muito fácil. Bem, no total, até hoje (14/12/2008) perdi 15 kg.

Caso alguém tenho alguma outra dica você pode deixar nos comentários ou pode me enviar por email clicando aqui.

Gostou deste post? Leia também:

10 dicas para ajudar a sua dieta

O que fazer e não fazer para continuar a sua rotina de exercícios

7 dicas para perder peso com sucesso

Dez maneiras simples de aquecer o ímpeto em um regime de emagrecimento

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces, salgadinhos ou qualquer outro tipo de alimento que venha atrapalhar o seu regime

Como os remédios para emagrecer atuam no organismo

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Abdominais em pé

minimize-me-banner1

Para quem está fora de forma como eu um dos exercícios mais chatos são os abdominais, são difíceis e geralmente levam muito tempo para você se acostumar.  Hoje enquanto eu estava surfando na net me deparei com uns exercícios de abdominais em pé e achei que eles podem ser uma boa alternativa para quem tem dificuldades com abdominais.

Os vídeos são em inglês mas acredito que todos possam entender como os movimentos devam ser feitos.  Aqui vai algumas dicas:

Sempre preste atenção na sua postura, a sua coluna deve estar sempre reta.

Sempre use os músculos abdominais para a execução dos exercícios.

Tente fazer no mínimo de 15 a 30 repetições.

No segundo vídeo você pode fazer cada tipo de exercício por 1 minuto e descansar 1 minuto.

minimize-me-banner1

Gostou deste post? Leia também:

Exercícios para todos os gostos

Posições de yoga

Exercícios para os glúteos

Quantidade de calorias queimadas por exercício

Ginástica com Solange Frazão – Parte 2

Ginástica com Solange Frazão – Parte 1

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Eu perdi quase 55 quilos

tracey-wygalÉ difícil ver um dia em que você não irá encontrar Tracey Wygal malhando na acadêmia.

A professora Tracey Wygal com 30 anos faz 30 minutos de cardio, exercícios físicos e segue o que ela chama de uma “dieta limpa”.

Isso é uma mudança bastante drástica para uma mulher que há oito anos chegou a pesar 134 quilos.

Wygal começou a ganhar peso na adolescência. Uma dieta composta por fast-food e pouco ou nenhum exercício ajudou a adquirir os quilos extras e seu peso passou para mais de 90 quilos.

“Foi o meu primeiro ano fora do colégio, e esse número (peso), juntamente com o diagnostico que eu estava na faixa de obesos mórbidos foi muito assustador”, lembra Wygal. “Eu fui a vários médicos, para conseguir uma prescrição para medicamentos de perda de peso”.

Mas nenhum dos médicos receitou as pílulas que ela procurava. Em vez disso, um médico receitou uma dieta de 1600 calorias por dia e falou que ela precisava fazer exercícios.

Inicialmente, ela ficou chocada e se recusou a iniciar a dieta que ela pensava que era muito restritiva.  Mesmo que seu peso estava perto dos 140 quilos, ela acreditava que tinha uma boa alimentação e um estilo de vida ativo.

Mas quando ela começou a se sentir mais frustrada e o seu peso continuou a aumentar, ela finalmente decidiu que era hora de tomar controle da sua vida.

Wygal começou a anotar em um diário a quantidade de calorias que ela consumia diariamente e logo percebeu que estava comendo pior do que ela pensava.

“Fiquei espantada com quantas calorias eu estava comendo”, disse. “O diário me mostrou que eu realmente precisava prestar atenção sobre a quantidades de calorias que estava ingerindo e me ajudou a manter a minha dieta”.

Ela também começou a fazer exercícios.  No começo ela estava muito envergonhada para ir a uma academia, por isso ela comprou uma máquina elíptica e começou a treinar 15 minutos por dia em seu apartamento.

“Era tudo que eu podia fazer naquele momento. Eu não desisti”, disse ela. “Gradualmente, a minha resistência melhorou. Depois de perder cerca de 13,5 kg, eu decidi me matricular em uma academia pequena”.

Alguns meses depois, Wygal estava pronta para dar o próximo passo. Ela contratou um personal trainer e iniciou um programa de treinamento.

Em vez de se sentir intimidada, Wygal começou a gostar de fazer exercícios e as mudanças físicas que vinha acontecendo em seu corpo.  Pronto para dar o próximo passo, ela se matriculou em uma grande academia, começou a pesquisar sobre diferentes formas de exercícios e começou a fazer musculação.

Ao longo dos próximos três anos, ela perdeu 54,5 quilos e diminuiu sete números de vestido. Wygal, tem 1,77 de altura, diz que o medo de ganhar peso a motiva para manter-se fiel ao seu regime alimentar e exercícios porque ela nunca quer voltar aos 134 kg.

Agora confortável com o seu peso, ela diz que oscila entre 77 e 80 kg, Wygal malha pelo menos, cinco a seis dias por semana. Ela diz que o segredo para perder e manter o peso é ser honesto sobre o que você come, escrevendo-o e ser consistente. Ela quer que as pessoas saibam que podem perder peso, mas não há uma solução fácil.

“Isso não vai acontecer do dia para a noite”, aconselha Wygal. “Saiba que vai levar tempo, mas no final vale a pena”.

As dicas da Tracey Wygal para obter sucesso:

  1. Mantenha um diário alimentar.  Anote tudo o que comer e beber.  Calcule o total de calorias no final do dia.
  2. Seja consistente com os seus exercícios.  Crie um cronograma. Varie apenas quando for absolutamente necessário.
  3. Encontre um ginásio que acomode ao seu estilo de vida. (horários de funcionamento, opções de equipamentos, aulas oferecidas, etc.)
  4. Mude sua visão sobre a comida. Em vez de equiparar a comida com felicidade ou prazer, veja apenas como alimento ou como combustível para seu organismo continue funcionando.
  5. Seja realista em suas metas e programas. Saiba que vai levar um certo tempo para haver mudanças consideráveis, e não desista nunca!
  6. Pare de dar desculpas e faça acontecer!  Tenha a SUA SAÚDE como PRIORIDADE em sua vida.

Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

setembro 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo