Posts Tagged 'engordar'

Ninguém engorda por excesso de caloria

Imagem SXC

ovo-frito

“Ninguém engorda por excesso de caloria. Se fosse assim não teriam pessoas que se entopem de comer porcarias e não engordam. A gente engorda por um desequilíbrio hormonal”.

A afirmação acima é do estudioso sobre alimentação Leandro Zanutto, que há dez anos pesquisa engenharia biomédica para investigar as respostas orgânicas que os alimentos provocam.

As velhas dietas que levam em consideração os valores calóricos dos alimentos são “vazias”, na opinião de Zanutto. “Tudo no seu corpo funciona de acordo com os hormônios. Eles são a chave para o funcionamento do organismo. Então, se eles estiverem desequilibrados, todo o resto vai estar também”, explica.

Outra frase interessante de Zanutto: “Sou contra o consumo de leite. O ser humano não foi feito para tomar leite, ainda mais de outra espécie. Nem o bezerro toma leite da própria mãe depois que cresce. São mais do que conhecidos os efeitos alérgicos do leite”.

Segundo o pesquisador, apesar de o leite ser uma boa fonte de cálcio, ele deve ser ingerido através de outras fontes de alimento como por exemplo: amêndoas, brócolis, couve-manteiga, castanha do pára. Zanutto sugere que o leite deve ser consumido apenas fermentado, na forma de iogurte ou queijos bem curados. De acordo com o Ministério da Saúde 56% da população consome leite integral, que contém um alto teor de gordura.

O pesquisador também critica a pirâmide alimentar sugerida pelo Ministério da Saúde que é formada por 70% de carboidratos e 30% de proteínas. “A alimentação do brasileiro é riquíssima em carboidrato, a cesta básica inclui uma latinha de atum que não dá nem para o consumo diário de proteína para uma pessoa. E entre carboidrato, proteína e gordura, o carboidrato é o que a pessoa menos precisa em termos nutricionais. Não em termos energéticos, em termos nutricionais”, explica Zannuto.

Zanutto ressalta que a alimentação deve ser voltada para o equilíbrio hormonal. Para isso, é necessário adotar uma dieta em que as proporções de carboidratos, proteínas e gorduras sejam mais equilibradas, e lembrar que frutas e hortaliças também são carboidratos.

Para ele, a diminuição na ingestão de carnes com gordura, observada pelo ministério por meio da pesquisa Vigitel, feita em todas as capitais com pessoas adultas, não é um fator que vá necessariamente ajudar na queda da obesidade – doença que já atinge 13% da população. “A queda no consumo de carnes gordurosas pode ser considerado um avanço sim, porque essa gordura não vai trazer benefícios diretos para o organismo, e esse consumo excessivo pode ser prejudicial porque a gordura poderá colar no interior das artérias. Mas não é de todo ruim o consumo de gorduras com as carnes, porque alguns tipos de gorduras estimulam a sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa coma menos”, explica Zanutto.

O pesquisador ressalta ainda que o consumo de gordura não está diretamente ligado à obesidade. “Acharam um vilão para a obesidade e tentam associar isso à gordura, sendo que comer gordura não te faz mais gordo, não necessariamente vai aumentar seu colesterol. O consumo de carboidrato com toda certeza está mais relacionado ao excesso de peso e obesidade”.

Para finalizar, Zanutto também critica a comum substituição do açúcar pelo adoçante. Segundo ele, nenhum dos dois faz bem, mas o aspartame – uma das substâncias que dá o efeito adocicado na maior parte dos adoçantes – é muito mais prejudicial à saúde. Assim, segundo o pesquisador, o ideal é que as pessoas deixem de usar os dois e passem a consumir os alimentos naturalmente doces, como as frutas. “A maioria das frutas já é adoçada naturalmente, mas o paladar já está tão viciado pelo açúcar dos produtos industrializados que as pessoas não sentem o gosto”.

Fonte: O DIA <online>

Gostou deste post? Leia também:

Gorduras também combatem a obesidade – [ômega-3 e ômega-6]

Os prós e os contras da carne vermelha

Dieta dissociada

Dieta do tipo genético

Proteína para os seus músculos

Chá vermelho, o poderoso da família Camellia Sinensis

O poder das frutas antioxidantes

Conheça 5 alimentos que ajudam na queima de gordura corporal de forma natural

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Anúncios

Paul James – Ex-modelo e personal trainer quer engordar 40 kg para compreender obesos

paul-pj-james

Essa é uma daquelas notícias que se você ouve de qualquer um não vai acreditar. O Paul James, mais conhecido como PJ é ex-modelo e atualmente é personal trainer e vive na Austrália.

Depois de 5 anos treinando ele nunca entendeu do porque muitos de seus alunos que estão acima do peso acabam desistindo das aulas ou nunca estão motivados para perder os quilos extras.

Para entender de uma vez por todas esta desmotivação, no começo deste ano ele resolveu fazer uma coisa que para muita gente, especialmente para quem quer perder peso, é uma loucura. Ele resolveu ganhar 40 quilos e manter o peso por 3 meses.

A idéia, para variar, já gerou muita controvérsia principalmente na classe médica que atesta que este tipo de dieta é muito prejudicial a saúde, segundo Boyd Swinburn, professor da Escola de Ciências da Nutrição e Atividade Física da Universidade de Deakin, PJ está arriscando sua saúde, principalmente o fígado e o coração.

PJ já nota que as pessoas começam a olhar ele de uma outra maneira, principalmente quando está treinando outros clientes e admitiu que está começando a gostar da comida do seu novo regime, que inclui 10 ovos mexidos com bacon e 3 litros de leite achocolatado!!!

A minha opinião é um pouco dividida pois não acho que ganhar 40 quilos em 3 meses reflete a vida de uma pessoa sedentária, mesmo mantendo o peso por 3 meses. Por outro lado, esta experiência reforça que estar acima do peso não é uma coisa só da genética, pois PJ em 2 meses conseguiu ganhar 26 kg. Isso demonstra que o hábito alimentar tem grande influência na saúde de qualquer pessoa.

Outro fato interessante é que ele está desenvolvendo um documentário sobre o projeto e acho que pode ser bem interessante descobrir na sua visão o que mudou na sua vida ao adicionar todos esses quilos.

Segundo PJ, seus alunos aprovam a iniciativa mas a maioria o chamam de louco, mas ele não se importa. Na sua opinião se este projeto ajudar apenas uma pessoa, todo o processo já valerá a pena.

Bom PJ, não sei se concordo com a sua idéia mas te desejo toda sorte do mundo e espero que o seu projeto possa incentivar muitas pessoas.

Fonte: BBC Brasil

Gostou deste post? Leia também:

Médico troca carro pela bicicleta

O que é que a baiana tem?

Seria a barriga de chopp um mito?

Comer é prazeroso para você?

O estresse pode causar aumento no peso

Maus hábitos alimentares durante a gestação podem passar de mãe para filho

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Olá…

Meu nome é Alex Costa e tenho 34 anos.  Nasci e vivi no Brasil durante 28 anos mas atualmente moro em Montreal, Canadá.
Durante minha infância era somente eu e minha mãe.  Ela trabalhava em tempo integral, portanto tínhamos uma alimentação que era bastante simples de preparar….pasta, hambúrguer, salsicha, etc.  Nós dois gostávamos (e ainda gostamos) de doces e muito por sinal.
Eu sempre fui obeso desde criança, mas não tão exageradamente, porque praticava esportes – se não fosse futebol, era tênis, kung-fu ou rugby.
Em 1998 eu fui morar na cidade de Kingston no Canadá para estudar inglês durante um período de 10 meses.  As aulas eram de manhã e tínhamos poucas atividades durante a tarde e por isso fiquei entediado em pouco tempo.  Eu comecei a freqüentar a academia, simplesmente porque não tinha outras opções e também não tinha custo adicional porque estava incluso na matrícula da escola.
Eu não tinha idéia qual era o meu peso na época, mas imagino que estava com 155 kg.  Eu nem percebi que estava perdendo peso, até num dos últimos dias do curso quando vesti minha calça jeans e percebi que precisava de um cinto porque estava caindo.  Isso me surpreendeu e me motivou.
Voltando para o Brasil, continuei me exercitando.  Comecei a freqüentar a academia perto da minha casa e fiz alguns exames.  Descobri que não estava tão mal de saúde, mas estava com 145 kg.  Eu não pensava num objetivo ou em fazer qualquer regime específico.  Minha meta  foi de fazer exercícios (cardio) diariamente por uma hora e meia e levantamento de pesos, e segui este plano durante seis meses.  Depois, adicionei natação a minha rotina.
Após um ano e meio eu pesava 125 kg.  Como este plano estava dando resultados, eu decidi mudar para uma academia mais equipada e que oferecesse atividades diferentes.  Nesta época comecei a seguir uma dieta balanceada preparada por uma nutricionista.  Como resultado, comecei a perder 5 kg por mês e cheguei a 97 kg. em menos de seis meses.  Também cheguei a ter 15% de gordura corporal …nada mal comparado com mais de 40% que tinha quando comecei dois anos atrás.  Bela conquista!
Consegui manter este peso durante dois anos e meio.  Em 2002, me mudei de volta para o Canadá e durante os primeiros seis meses consegui manter o meu peso, mas depois tudo foi ladeira abaixo.  Fiquei deprimido e comecei a engordar.  Fiquei preso  num ciclo vicioso durante três anos e cheguei a engordar tudo que tinha perdido e ainda adquiri mais alguns quilos.
Não tenho certeza quanto engordei, mas comprei uma balança que vai até 172 kg que só mostrava mensagens de erro.  Para piorar, e como resultado do excesso de peso, machuquei meu joelho.
Atualmente, ainda tenho algumas questões a resolver, mas decidi que precisava perder tudo que tinha engordado.  Esta é a razão porque eu criei este blog, eu quero mostrar que é possível perder peso através de uma alimentação saudável e exercícios, e que talvez possa ser útil a outras pessoas que estão na mesma situação.


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

agosto 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo
Anúncios