Posts Tagged 'fibras'

Saudável e barato – No final das contas os alimentos saudáveis são a melhor opção

Imagem abcdz2000

banca-verduras-legumes

Quando o orçamento familiar “aperta”, a primeira alternativa quase sempre são os pratos instantâneos. Mas, se realizarmos a matemática nutricional, existe melhor “barganha” no supermercado, quitanda ou frutaria.

Ricos em nutrientes, as frutas, vegetais, legumes e grãos baratos, são melhor opção se comparados aos pratos prontos que encontramos disponíveis nas prateleiras. Muitas pessoas acreditam que, para comer alimentos saudáveis, é preciso gastar muito dinheiro, é aí que mora o perigo.

O preço mais alto é pago pelas pessoas a longo prazo, quando a alimentação incorreta, começa a dar sinais no corpo, tanto com relação ao peso, quanto a doenças causadas pela má alimentação. Muitos pratos caros são repletos de sal, açúcar e gordura trans, além de terem pouco ou até nenhum valor nutricional.

“Sugiro a ingestão de nove porções diárias de frutas e vegetais. Se você seguir esta orientação, sobrará pouco espaço para junk food.

Três regras para compras baratas e saudáveis são:

Compre alimentos da estação e em promoção: planeje o menu do dia com base nesses alimentos;
Recheie: incremente sua alimentação com frutas e vegetais, que satisfazem devido às fibras e impedem os famosos “lanchinhos” fora de hora;
Orgânico ou convencional? A opção orgânica é a mais saudável, mas em tempos de “dinheiro curto”, compre os alimentos convencionais que tem menor risco de pesticidas: cebola, aspargo, brócolis, avocado, abacaxi, manga, kiwi e banana.

Faça render as economias: passe reto pelos pratos prontos, adicione estes alimentos para a sua lista de compras, e encha seu carrinho:

• Raízes: as raízes são ricas em antioxidantes. Frescas, cruas e raladas em salada são saudáveis, mas você também pode assá-las. Ex: beterraba, cenoura, aipim.
• Repolho: barato, este crucífero vegetariano é repleto de nutrientes, mas alguns são liberados apenas pelo processo de cozimento. Experimente cozido no vapor ou em saladas.
• Conservas de sardinha e atum: sardinhas são ricas em ômega-3 e cálcio, e tem baixo teor em mercúrio. O atum é barato, rápido e uma saudável fonte de proteína. Misturar em saladas ou em lanches com pão integral.
• Abóbora: rica em beta-caroteno satisfaz sem muitas calorias. Experimente com canela e noz-moscada.
• Aveia: redutora de colesterol, a aveia é uma pechincha nutricional, especialmente quando comprada a granel. Tente comer aveia no café da manhã com frutas e nozes.
• Ovos: uma das mais baratas fontes de proteína. Podem ser mexidos com legumes e ervas picadas para uma rápida e nutritiva refeição.
• Frutos e sementes: saudável em gorduras e proteínas, as nozes, amêndoas, sementes de abóbora e gergelim devem fazer parte da dieta de todos. Compre sem sal e coma pequenas porções puras, com lanches ou em saladas.
• Feijão: traz proteína e fibra para a sua dieta. Pode ser ingerido com o famoso arroz, integral se possível, ou como húmus para um lanche rico em proteínas.
• Grãos integrais: arroz integral, massas de grãos integrais, como quinoa e outros, são ótimas opções para as refeições, especialmente quando misturados com nutritivos legumes, feijões e leguminosas.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Aproveite os benefícios das frutas do Inverno

Imagens Homero Chapa, Cuneight e Chris 27frutas-inverno-maca-morango-laranja

Estação conhecida por temperaturas baixas e pelo aumento do nosso apetite, é no inverno que costumamos comer mais, pois o organismo consome mais energia para funcionar, queimar calorias e manter a temperatura corporal.

É importante não perder o controle na hora de se alimentar, para que os quilinhos indesejados não apareçam. Para isso, além de deliciosas, as frutas são uma ótima pedida, pois fazem muito bem à saúde e comprá-las na época certa é uma boa opção para economizar dinheiro e desfrutar no sabor.

A nutricionista Daniela Jobst indica algumas das frutas da época e fala sobre seus benefícios, ressaltando a importância de ingerir pelo menos 04 frutas ao dia.

Maçã

A maçã tem um alto poder antioxidante, ajuda na prevenção do colesterol, é rica em fibras (solúveis), vitamina C e compostos fenólicos.

As fibras influem muito na redução do colesterol, pois elas ajudam a diminuir a quantidade deste no intestino delgado e a absorção dos lipídeos, já os compostos fenólicos atuam na inibição da oxidação da LDL-C e da agregação plaquetária, o que nos protege da arteriosclerose.

Além de prevenir o colesterol, uma dieta que contém maçã, pode reduzir os ricos de doenças pulmonares, cardíacas, asma, diabetes e o desenvolvimento de câncer, além de ajudar a perder peso. Como já dizia Hipócrates: “Faça do seu alimento seu medicamento”.

Uma opção é esquentar a maçã e comê-la com canela, além de delicioso, aproveitam-se também os benefícios da especiaria.

Morango

Além de ter um sabor e aroma agradáveis, o morango age como um potente vasodilatador, essencial para a saúde das artérias, que são excelentes para o sistema circulatório, evitam problemas cardíacos e inibem a formação de coágulos sanguíneos.

Além disso, é rico em licopeno, antioxidante importante na prevenção de câncer de próstata e em vitamina C, que estabiliza a estrutura do colágeno, pois tem função de estruturar a pele. Além disso, são fotoprotetores, ou seja, protegem a pele dos raios UVA e UVB. A vitamina C neutraliza os radicais livres, preservando dessa forma a firmeza, elasticidade e resistência da pele, o que ajuda também a prevenir o aparecimento de manchas e o antienvelhecimento precoce. Por ser uma fruta rica em fibra, ajuda no bom funcionamento do intestino

Uma ideia é fazer um fondue contemporâneo (calda espessa de chocolate amargo) e servir em temperatura branda. Dessa forma aliam-se as vantagens da fruta, com os muitos benefícios do chocolate amargo.

Laranja

A laranja também é rica em vitamina C, que atua como antioxidante e ajuda na síntese do colágeno da pele.

Ótima fonte de vitamina A, e alguns fitoquímicos chamados de bioflavonóides, é uma excelente fruta para alergias, retenção hídrica e ajuda muito nos processos inflamatórios.

Fonte de cálcio, fósforo, fibras, pectina e sais minerais, a laranja auxilia no fortalecimento da estrutura óssea, na absorção da glicose, no funcionamento intestinal, na redução do colesterol e na neutralização do ácido úrico.

Uma boa pedida é fazer um suco verde com a fruta, essa receita ajuda na desintoxicação do organismo. Basta bater em um liquidificador 1 cenoura grande, 2 dedinhos de raiz de gengibre, 1 pepino, 2 folhas de couve manteiga e 1 laranja lima.

O abacate, a banana e o caqui, muito consumidos no outono, também estão em alta nos próximos meses. Escolha seu quarteto favorito e abuse de saúde neste friozinho, afinal vitaminas, hidratação e fibras quase nunca são demais!

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com
Gostou deste post? Leia também:

Estudos mostram ligação entre ingestão de laticínios e Mal de Parkinson

Alimentos orgânicos, escolha certa para qualidade de vida

Adoçante: Uso diário pode ser prejucial à saúde

Uma dieta rica em carne vermelha pode aumentar o risco de câncer da próstata

Baixo nível de vitamina D pode estar associado ao ganho de peso em garotas

Como amenizar a vontade de comer doces no inverno

Estudo japonês mostra que o consumo de café diminui risco de câncer de útero

Nutrição funcional pode curar doenças da tireoide

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

Maçã: A fruta que cuida do nosso sangue

Imagem SXC

maca-mordida

Doenças causadas por má circulação são uma das principais causas de morte no País, porém podemos controlá-las por meio da nutrição funcional, em que ingerimos certos alimentos que podem auxiliar na prevenção de várias doenças, inclusive as cardiovasculares, e um deles é a maçã.

A maçã tem um alto poder antioxidante, ajuda na prevenção do colesterol, é rica em fibras (solúveis), vitamina C e compostos fenólicos.

As fibras influem muito na redução do colesterol, pois elas ajudam a diminuir a quantidade deste no intestino delgado e a absorção dos lipídeos, já os compostos fenólicos atuam na inibição da oxidação da LDL-C e da agregação plaquetária, o que nos protege da arteriosclerose.

Além de prevenir o colesterol, uma dieta que contém maçã, pode reduzir os riscos de doenças pulmonares, cardíacas, asma, diabetes e o desenvolvimento de câncer, além de ajudar a perder peso. Como já dizia Hipócrates: “Faça do seu alimento seu medicamento”.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Gostou deste post? Leia também:

Alimentos que combinam ou não

Banana verde: Alimento funcional gostoso e abundante no Brasil

Como envelhecer com o corpo e a mente sã

Rejuvenescendo com os sucos verdes

Alimentos crus facilitam a digestão e favorecem a saúde do corpo

Alimentos para quem corre

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Só exercícios ajudam a perder peso?

chubby-exerciseUm pequeno estudo feito pela Loyola University apontou que só exercícios não é a melhor resposta para perder peso.

O estudo foi publicado no Journal Obesity e incluiu 149 mulheres de uma área rural na Nigéria e 172 mulheres da região metropolitana de Chicago.

De acordo com o Dra. Amy Luke, pesquisadora responsável pelo estudo, a média de peso das americanas foi de 83 kg e das nigerianas era de 57 kg.

Segundo a Dra. Luke os dois grupos não apresentavam uma diferença significante de atividade física, enquanto as americanas queimavam 760 calorias por dia, as nigerianas gastavam 800 calorias.

Através desta pesquisa os pesquisadores constataram que o crescimento da obesidade nada tem a ver com o declínio da atividade física e que o principal fator que fazem as pessoas ganharem peso são os seus hábitos alimentares.

A Dra. Amy destaca que a alimentação das nigerianas é rica em fibras, carboidratos e contém pouca gordura e proteína animal, enquanto a dieta das americanas é rica em gorduras e alimentos processados.

Isto não significa que para perder peso você não precisa fazer exercícios, mas significa que você precisa prestar mais atenção na sua dieta.

Fonte: dietblog

Gostou deste post? Leia também:

Todas as calorias não são iguais

Manter um peso saudável diminui as chances de contrair o mal de Alzheimer

Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil

Crianças obesas podem ter a idade vascular de uma pessoa com 45 anos

Acumulação de gordura ao redor do seu abdômen pode dobrar as chances de uma morte prematura

Seria a barriga de chopp um mito?

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email

Quinua o melhor e mais completo alimento de origem vegetal

Se você está procurando um alimento rico em proteína de alto valor biológico, carboidrato de baixo índice glicêmico (aquela que leva mais tempo para virar açucar no sangue) e ainda tem vitaminas, sais minerais e gordura boa, a procura acabou. Este achado se chama QUINUA !

A Quinua é um cereal, proveniente da Bolívia e é consumido pelos tribos andinas há mais de 500 anos. Cada grão contém 20 aminoácidos diferentes e ajuda na recuperação e manutenção dos músculos. Também, é uma fonte excelente de ferro, ideal para quem come pouco ou nenhuma carne vermelha. Outra vantagem é que contêm ômega 3, a gordura boa que limpa as artérias. A presença de uma mistura de fibras e vitaminas (C, E e especialmente as do complexo B) faz com que este cereal tem uma ficha nutricional tão boa que a FAO (Food and Agriculture Organization) da ONU considera a Quinua o alimento mais completo de origem vegetal.

A quinua está disponível em grão, farinha, flocos e até macarrão, e meio quilo custa entre 11 e 14 reais. Ele chega a triplicar de tamanho depois de cozido sendo que um pacote serve para várias receitas.

Fonte: Boa Forma

Pare de beliscar – 5 dicas saudáveis para você fazer uma boa escolha no lanche.

Talvez o lanche seja a parte mais crucial para que um regime de certo, não adianta você seguir a dieta nas refeições mas na hora de beliscar alguma coisa a tarde, sair totalmente da dieta. Esta pode ser a razão pela qual você não está perdendo peso.

Por isso, ai vai 5 dicas para você começar a fazer melhores escolhas na hora do seu lanche.

1 – Se você é louco por doce (como eu) troque o chocolate ao leite pelo meio-amargo. No começo será um pouco estranho mas com o tempo você se acostumará e vai acabar gostando. O chocolate meio-amargo por ser mais forte vai te satisfazer com uma menor quantidade do que o chocolate ao leite.

2 – Um dos grandes vilões das dietas são as calorias liquidas, pois na maioria das vezes você nunca conta as calorias de um café. Uma colher de chá de açucar contém em média 16 calorias, se você coloca duas em cada café e toma dois cafés de manhã e dois a tarde, você já esta consumindo mais de 100 calorias que vem de um “inocente” cafezinho. Prefira a água na maioria dos casos.

3 – Tenha um estoque de produtos saudáveis. Com certeza em alguns dias você sentirá mais fome e se você não estiver preparado vai acabar comendo a primeira coisa que passar a sua frente. Tenha sempre com você algum alimento com muitas fibras como uma barra de cereais ou barras de proteínas.

4 – Pense em assar e não em fritar. Pegue suas receitas que contem frituras e procure uma alternativa em que você possa fazê-las no forno. Esta dica serve também para salgadinhos, sempre prefira um que seja assado do que frito.

5 – Seja persistente, seus hábitos não irão mudar em apenas 1 dia, 1 semana ou 1 mês. Mas com o tempo você irá se acostumar e vai realizar que alimentos que contém mais fibras e proteínas irão tem sustentar por mais tempo e em um plano a longo prazo esses novos hábitos irão te ajudar na perda de peso.


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo