Posts Tagged 'mulher'

A perfeitinha – Por Arnaldo Jabor

Imagem origem desconhecida

mulher-sexy-perfeita-arnaldo-jabor

Este foi um texto enviado pela Katia Regina que eu tirei da comunidade do Blog da Dieta no google grupos, eu achei bem interessante pois reflete um pouco sobre a busca incessante pelo par perfeito, em termos de beleza e corpo somente,  mas também pode refletir para aquelas pessoas que estão obcecadas e focadas somente em obter um corpo perfeito.

Não quero com isso dizer que todos nós devemos abandonar as nossas dietas e aceitar que se estamos acima do peso é porque o destino quis e não podemos fazer nada, mas é só uma demonstração que a busca pelo corpo perfeito não deve ser a razão pela qual você deve começar uma reeducação alimentar ou dieta.

A perfeitinha – Por Arnaldo Jabor

Tenho horror a mulher perfeitinha.
Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário?
E, só pra piorar, tem a bunda dura?

Pois então, mulheres assim são um porre.
Pior: são brochantes.

Sou louco?
Então tá, mas posso provar a minha tese.

Quer ver?

a) Escova toda manhã:

A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit.
Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encochamento do namorado, pegação… pra encaixar-se no padrão ‘Alisabel’, que é legal, porque todas as amigas têm o cabelo igual…
Burra.

b) Na moda:

Estilo pessoal pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês.
Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso?
JAMAIS!
O que indica uma coisa:
Ela não vai querer ficar desarrumada nem enquanto estiver transando.

c) Sorriso incessante:

Ela mora na vila dos Smurfs?

Tá fazendo treinamento pra Hebe?
Sou antipático com orgulho, só sorrio para quem provoca meu sorriso

Não gostou?
Problema seu.

Isso se chama autenticidade, meu caro.
Coisa que, pra perfeitinha, não existe.
Aliás, ela nem sabe o que a palavra significa…
Coitada.

d) Bunda dura:

As muito gostosas são muito chatas.
Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônico (isso quando não enfiam o dedo na garganta pra se livrar das 2 calorias que ingeriram), portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão.
Bebida dá barriga e ela tem H-O-R-R-O-R a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você.

Cerveja? Esquece!

Legal mesmo é mulher de verdade !!!

E daí se ela tem celulite?
O senso de humor compensa.

Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira.
Pode até ser meio mal-educada às vezes, mas adora sexo.

Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema).

Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade.

E não se esqueça…

‘Mulher bonita demais e melancia grande, ninguém come sozinho!!!’
___________________________________________________________________________

Vale acrescentar que este texto poderia ser escrito por uma mulher em relação aos homens, porque hoje em dia não existe mais só mulheres que queiram ser perfeitas.

Anúncios

Estudos mostram ligação entre ingestão de laticínios e Mal de Parkinson

Imagem Zsuzsanna Kiliánleite

Estudo publicado no American Journal of Epidemiology, diz que o consumo diário de laticínios, especialmente o leite, aumenta o risco do homem de desenvolver o mal de Parkinson.

Um estudo feito com 73.175 mulheres e 57.689 homens, entre 1992 e 2001, mostrou que homens que ingeriram mais produtos à base de leite, tinham 60% mais de chances de desenvolver a doença. O queijo e o iogurte mostraram-se menos perigosos que o leite em si, nesses casos.

Estudos anteriores já haviam indicado a ligação do Mal de Parkinson ao consumo de laticínios, porém o motivo desse fato ainda é desconhecido, o que se sabe é que o cálcio, a vitamina D e a gordura não são os causadores.

O risco de desenvolver a doença, em homens, aumentou proporcionalmente à quantidade de ingestão de leite, já nas mulheres, a ingestão de leite não tem ligação com a incidência da doença.

O Mal de Parkinson é disseminado e tende a afetar mais os idosos. Aproximadamente 60.000 novos casos aparecem por ano. A doença é mais comum em homens que em mulheres.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com
Gostou deste post? Leia também:

Alimentos orgânicos, escolha certa para qualidade de vida

Adoçante: Uso diário pode ser prejucial à saúde

Uma dieta rica em carne vermelha pode aumentar o risco de câncer da próstata

Baixo nível de vitamina D pode estar associado ao ganho de peso em garotas

Como amenizar a vontade de comer doces no inverno

Estudo japonês mostra que o consumo de café diminui risco de câncer de útero

Nutrição funcional pode curar doenças da tireoide

Má digestão causa sono, acne, olheiras, além de constipação intestinal e gordura localizada

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

Mulher, se você quiser ficar magra, fique solteira

Segundo um estudo as mulheres tendem a adotar hábitos alimentares do parceiro

As mulheres engordam e comem de forma menos saudável quando moram com seus parceiros, segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Newcastle, no norte da Inglaterra.

Por outro lado, os homens tendem a adotar hábitos mais saudáveis quando moram com suas parceiras.

Os pesquisadores analisaram sete trabalhos sobre o tema e concluíram que a mudança ocorre porque um parceiro tenta agradar ao outro.

Os estudos analisaram hábitos alimentares de milhares de pessoas, casadas ou vivendo juntas, em várias partes do mundo, e revelaram o mesmo padrão de comportamento.

Os homens passaram a ter uma dieta mais leve, com mais frutas e legumes, enquanto as mulheres passaram a comer mais pratos ricos em gordura e proteína animal.

Mais carne

Nos Estados Unidos, um estudo com 20 casais revelou que os homens passaram a comer menos carne e as mulheres, mais.

Outro estudo feito nos Estados Unidos, este com 9.043 adultos, mostrou que o casamento produziu um aumento de peso nas mulheres.

A separação e a saída de casa, no entanto, está associada à perda de peso na mulher.

Os autores desse estudo sugerem que o aumento de peso esteja associado a hábitos alimentares mais estruturados e à falta de tempo para exercícios no casamento.

Na Austrália, uma pesquisa com 3 mil pessoas revelou que os homens parecem preferir dietas com mais gordura e mais açúcar, enquanto as mulheres preferem alimentos mais saudáveis.

Amelia Lake, autora do estudo australiano, também pesquisou mudanças nas dietas de 198 pessoas com idades entre 11 e 30 anos.

“Uma proporção significativa de mulheres vê a influência dos parceiros na sua dieta de forma negativa, enquanto os homens dizem que a influência das parceiras é positiva”, explicou Lake.

“Se um parceiro está sempre querendo comida para viagem e o outro insiste na salada, pode haver problemas, e obviamente vai ser preciso um acordo”, acrescentou.

Lake diz, no entanto, que os casais deveriam ver a mudança no estilo de vida como uma oportunidade para melhorar.

A médica Frankie Phillips, da British Dietetic Association, oferece o seguinte conselho às mulheres com dificuldade de manter o peso após irem morar com os parceiros: é importante prestar atenção no tamanho das porções.

“Em média, os homens precisam de mais energia do que as mulheres, portanto, comer porções iguais pode significar que as mulheres estão comendo demais”, diz Phillips.

Nota do Blog

Não é surpresa para ninguém que os homens comem pior (em relação a comidas saudáveis) do que as mulheres.  Tanto é, pois há mais homens obesos do que mulheres e acredito que seja assim pois as mulheres se policiam mais do que os homens em relação ao físico.

Nota-se que os homens se beneficiam quando estão morando junto com uma mulher, se beneficiando com uma comida mais saudável, porém o estudo não diz que perdem peso e acredito que não percam mesmo pois quantas pessoas você conhece que após se juntar ganhou peso?  Muitas, e devem ser maioria eu aposto.

Grande parte deste problema se deve ao fato que ficar em forma para muitas pessoas é relacionado a conquistar um parceiro ou parceira, e não pela saúde.  Acredito que esta forma de pensar é que devemos combater, pois quando pensamos assim, perder peso se torna uma coisa secundaria e não uma prioridade.

Fonte:  BBC Brasil

Gostou deste post? Leia também:

3 dicas de como controlar os seus desejos por doces e salgadinhos

Perder peso – Conheça a história de David Smith que perdeu 186 kg

Qual é o estado de um hambúrguer do McDonald’s depois de 12 anos?

7 Alimentos que você deveria comer todos os dias

Tome uma atitude. Ame o seu coração

Brasil é o 3º maior consumidor de inibidores à base de anfetamina

Músculo pesa mais que gordura?

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Ou receba o nosso Feed por Email


Vote no Blog clicando
no banner do topblog
Parceiros

Ajude a Divulgar
o Blog da Dieta

Blog da Dieta

Pegue o código
do banner
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank"><img src="http://i491.
photobucket.com/albums/rr279
/alexmcosta/dieta-banner-120.jpg"
border="0" alt="Blog da Dieta"></a>
Ou se você preferir
pegue o código do link
<a href="http://blogdadieta.com.br"
target="_blank">Blog da Dieta</a>
Interessado em parcerias?
Clique aqui

Me Acompanhe no Twitter @alexmcosta

maio 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
Grupos do Google
Blog da Dieta
Visitar este grupo
Anúncios